Êxodo 37

1FEZ, também, Bezaleel a arca de madeira de cetim; o seu comprimento era de dois côvados e meio; e a sua largura de um côvado e meio; e a sua altura de um côvado e meio. 2E cobriu-a de ouro puro, por dentro e por fora; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor; 3E fundiu-lhe quatro argolas de ouro, aos seus quatro cantos, num lado duas e no outro lado duas argolas; 4E fez varais de madeira de cetim, e os cobriu de ouro; 5E meteu os varais pelas argolas aos lados da arca, para levar a arca. 6Fez, também, de ouro puro o propiciatório; o seu comprimento era de dois côvados e meio, e a sua largura de um côvado e meio. 7Fez, também, dois querubins de ouro; de obra batida os fez, às duas extremidades do propiciatório; 8Um querubim a uma extremidade desta banda, e o outro querubim à outra extremidade da outra banda; do mesmo propiciatório, fez sair os querubins às duas extremidades deles. 9E os querubins estendiam as asas por cima, cobrindo com as suas asas o propiciatório; e os seus rostos estavam defronte um do outro; e os rostos dos querubins estavam virados para o propiciatório. 10Fez, também, a mesa, de madeira de cetim; o seu comprimento era de dois côvados, e a sua largura de um côvado, e a sua altura de um côvado e meio. 11E cobriu-a de ouro puro, e fez-lhe uma coroa de ouro, ao redor. 12Fez-lhe, também, uma moldura, da largura de uma mão, ao redor; e fez uma coroa de ouro, ao redor da sua moldura. 13Fundiu-lhe, também, quatro argolas de ouro; e pôs as argolas aos quatro cantos que estavam aos seus quatro pés. 14Defronte da moldura estavam as argolas para os lugares dos varais, para levar a mesa. 15Fez, também, os varais de madeira de cetim, e os cobriu de ouro, para levar a mesa. 16E fez os vasos que haviam de estar sobre a mesa, os seus pratos, e as suas colheres, e as suas escudelas, e as suas cobertas, com que se haviam de cobrir, de ouro puro. 17Fez, também, o castiçal de ouro puro: de obra batida fez este castiçal; o seu pé e as suas canas, os seus copos, as suas maçãs e as suas flores, da mesma peça. 18Seis canas saíam dos seus lados; três canas do castiçal de um lado dele, e três canas do castiçal de outro lado. 19Numa cana estavam três copos a modo de amêndoas, uma maçã e uma flor; e noutra cana três copos a modo de amêndoas, uma maçã e uma flor; assim, para as seis canas que saíam do castiçal. 20Mas no mesmo castiçal havia quatro copos a modo de amêndoas, com as suas maçãs e com as suas flores. 21E era uma maçã debaixo de duas canas do mesmo; e outra maçã debaixo de duas canas do mesmo; e mais uma maçã debaixo de duas canas do mesmo; assim se fez para as seis canas, que saíam dele. 22As suas maçãs e as suas canas eram do mesmo; tudo era uma obra batida de ouro puro. 23E fez-lhe sete lâmpadas; os seus espevitadores e os seus apagadores eram de ouro puro. 24De um talento de ouro puro o fez, e todos os seus vasos. 25E fez o altar do incenso de madeira de cetim; de um côvado era o seu comprimento e de um côvado a sua largura, quadrado; e de dois côvados a sua altura; dele mesmo eram feitas as suas pontas. 26E cobriu-o de ouro puro, a sua coberta, e as suas paredes ao redor, e as suas pontas; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor. 27Fez-lhe, também, duas argolas de ouro debaixo da sua coroa, nos seus dois cantos, de ambos os seus lados, para os lugares dos varais, para levá-lo com eles. 28E os varais fez de madeira de cetim, e os cobriu de ouro. 29Também fez o azeite santo da unção, e o incenso aromático, puro, de obra do perfumista.

will be added

X\