Êxodo 11

1E O Senhor disse a Moisés: Ainda uma praga trarei sobre Faraó, e sobre o Egipto: depois vos deixará ir daqui: e, quando vos deixar ir, totalmente, a toda a pressa vos lançará daqui. 2Fala, agora, aos ouvidos do povo, que cada varão peça ao seu vizinho, e cada mulher à sua vizinha, vasos de prata e vasos de ouro. 3E o Senhor deu graça ao povo, aos olhos dos egípcios; também o varão Moisés era mui grande na terra do Egipto, aos olhos dos servos de Faraó, e aos olhos do povo. 4Disse mais Moisés: Assim o Senhor tem dito: À meia-noite, eu sairei pelo meio do Egipto; 5E todo o primogénito na terra do Egipto morrerá, desde o primogénito de Faraó, que se assenta com ele sobre o seu trono, até ao primogénito da serva que está detrás da mó, e todo o primogénito dos animais. 6E haverá grande clamor em toda a terra do Egipto, qual nunca houve semelhante e nunca haverá; 7Mas, contra todos os filhos de Israel, nem ainda um cão moverá a sua língua, desde os homens até aos animais, para que saibais que o Senhor fez diferença entre os egípcios e os israelitas. 8Então todos estes teus servos descerão a mim, e se inclinarão diante de mim, dizendo: Sai tu, e todo o povo que te segue as pisadas; e depois eu sairei. E saiu de Faraó em ardor de ira. 9O Senhor dissera a Moisés: Faraó vos não ouvirá, para que as minhas maravilhas se multipliquem na terra do Egipto. 10E Moisés e Aarão fizeram todas estas maravilhas diante de Faraó; mas o Senhor endureceu o coração de Faraó, que não deixou ir os filhos de Israel da sua terra.

will be added

X\