1 Reis 1

1SENDO, pois, o rei David já velho, e entrado em dias, cobriam-no de vestes, porém não aquecia. 2Então disseram-lhe os seus servos: Busquem para o rei, meu senhor, uma moça virgem, que esteja perante o rei, e tenha cuidado dele: e durma no seu seio, para que o rei, meu senhor, aqueça. 3E buscaram, por todos os termos de Israel, uma moça formosa; e acharam a Abisag, sunamita; e a trouxeram ao rei. 4E era a moça sobremaneira formosa; e tinha cuidado do rei, e o servia; porém o rei não a conheceu. 5Então Adonias, filho de Hagith, se levantou, dizendo: Eu reinarei. E preparou carros, e cavaleiros, e cinquenta homens, que corressem diante dele. 6E nunca seu pai o tinha contrariado, dizendo: Por que fizeste assim? E era ele também mui formoso de parecer: e Hagith o tivera depois de Absalão. 7E tinha inteligência com Joab, filho de Zeruia, e com Abiatar, o sacerdote: os quais o ajudavam, seguindo a Adonias. 8Porém Zadoc, o sacerdote, e Benaia, filho de Joiada, e Natan, o profeta, e Simei, e o rei, e os valentes que David tinha, não estavam com Adonias. 9E matou Adonias ovelhas, e vacas, e bestas cevadas, junto à pedra de Zoeleth, que está junto à fonte de Rogel; e convidou a todos os seus irmãos, os filhos do rei, e a todos os homens de Judá, servos do rei. 10Porém a Natan, profeta, e a Benaia, e aos valentes, e a Salomão, seu irmão, não convidou. 11Então falou Natan a Batseba, mãe de Salomão, dizendo: Não ouviste que Adonias, filho de Hagith, reina? e que nosso senhor David não o sabe? 12Vem, pois, agora, e deixa-me dar-te um conselho, para que salves a tua vida, e a de Salomão, teu filho. 13Vai, e entra ao rei David, e dize-lhe: Não juraste tu, rei, senhor meu, à tua serva, dizendo: Certamente teu filho Salomão reinará depois de mim, e ele se assentará no meu trono? Por que, pois, reina Adonias? 14Eis que, estando tu ainda aí falando com o rei, eu, também, entrarei depois de ti, e acabarei as tuas palavras. 15E entrou Batseba ao rei na recâmara; e o rei era mui velho; e Abisag, a sunamita, servia ao rei. 16E Batseba inclinou a cabeça, e se prostrou perante o rei: e disse o rei: Que tens? 17E ela lhe disse: Senhor meu, tu juraste à tua serva, pelo Senhor, teu Deus, dizendo: Salomão, teu filho, reinará depois de mim, e ele se assentará no meu trono. 18E agora, eis que Adonias reina; e agora, ó rei, meu senhor, tu não o sabes. 19E matou vacas, e bestas cevadas, e ovelhas em abundância, e convidou a todos os filhos do rei, e a Abiatar, o sacerdote, e a Joab, general do exército, mas a teu servo Salomão não convidou. 20Porém, ó rei, meu senhor, os olhos de todo o Israel estão sobre ti, para que lhes declares quem se assentará sobre o trono do rei, meu senhor, depois dele. 21De outro modo sucederá que, quando o rei, meu senhor, dormir com seus pais, eu e Salomão, meu filho, seremos os pecantes. 22E, estando ela ainda falando com o rei, eis que entrou o profeta Natan. 23E o fizeram saber ao rei, dizendo: Eis ali está o profeta Natan. E entrou à presença do rei, e prostrou-se diante do rei, com o rosto em terra. 24E disse Natan: Ó rei, meu senhor, disseste tu: Adonias reinará depois de mim, e ele se assentará sobre o meu trono? 25Porque hoje desceu, e matou vacas, e bestas cevadas, e ovelhas em abundância, e convidou a todos os filhos do rei, e aos capitães do exército, e a Abiatar, o sacerdote, e eis que estão comendo e bebendo perante ele; e dizem: Viva o rei Adonias! 26Porém a mim, sendo eu teu servo, e a Zadoc, o sacerdote, e a Benaia, filho de Joiada, e a Salomão, teu servo, não convidou. 27Foi feito isto da parte do rei, meu senhor? e não fizeste saber a teu servo quem se assentaria no trono do rei, meu senhor, depois dele? 28E respondeu o rei David, e disse: Chamai-me a Batseba. E ela entrou à presença do rei; e estava em pé, diante do rei. 29Então jurou o rei e disse: Vive o Senhor, o qual remiu a minha alma de toda a angústia, 30Que, como te jurei pelo Senhor, Deus de Israel, dizendo: Certamente teu filho Salomão reinará, depois de mim, e ele se assentará no meu trono, em meu lugar, assim o farei no dia de hoje. 31Então Batseba se inclinou com o rosto em terra, e se prostrou diante do rei, e disse: Viva o rei David, meu senhor, para sempre! 32E disse o rei David: Chamai-me a Zadoc, o sacerdote, e a Natan, o profeta, e a Benaia, filho de Joiada. E entraram à presença do rei. 33E o rei lhes disse: Tomai convosco os servos do vosso senhor, e fazei subir o meu filho Salomão na mula que é minha; e fazei-o descer a Gion. 34E Zadoc, o sacerdote, com Natan, o profeta, ali o ungirão rei sobre Israel; então tocareis a trombeta e direis: Viva o rei Salomão! 35Então subireis após ele, e virá e se assentará no meu trono, e ele reinará em meu lugar; porque tenho ordenado que ele seja guia sobre Israel e sobre Judá. 36Então Benaia, filho de Joiada, respondeu ao rei, e disse: Amém: assim o diga o Senhor, Deus do rei, meu senhor. 37Como o Senhor foi com o rei, meu senhor, assim o seja com Salomão, e faça que o seu trono seja maior do que o trono do rei David, meu senhor. 38Então desceu Zadoc, o sacerdote, e Natan, o profeta, e Benaia, filho de Joiada, e os quereteus, e os peleteus, e fizeram montar a Salomão na mula do rei David, e o levaram a Gion. 39E Zadoc, o sacerdote, tomou o vaso do azeite do tabernáculo, e ungiu a Salomão e tocaram a trombeta, e todo o povo disse: Viva o rei Salomão! 40E todo o povo subiu após ele, e o povo tocava gaitas, e alegrava-se com grande alegria: de maneira que, com o seu clamor, a terra retiniu. 41E o ouviu Adonias, e todos os convidados que estavam com ele, que tinham acabado de comer; também Joab ouviu o sonido das trombetas, e disse: Por que há tal ruído na cidade alvoroçada? 42Estando ele ainda falando, eis que vem Jónatas, filho de Abiatar, o sacerdote, e disse Adonias: Entra, porque és homem valente, e trarás boas novas. 43E respondeu Jónatas, e disse a Adonias: Certamente nosso senhor, o rei David, constituiu rei a Salomão. 44E o rei enviou com ele a Zadoc, o sacerdote, e a Natan, o profeta, e a Benaia, filho de Joiada, e aos quereteus e aos peleteus; e o fizeram montar na mula do rei. 45E Zadoc, o sacerdote, e Natan, o profeta, o ungiram rei em Gion, e dali subiram alegres, e a cidade está alvoroçada: este é o clamor que ouviste. 46E também Salomão está assentado no trono do reino. 47E também os servos do rei vieram abençoar o nosso senhor, o rei David, dizendo: Faça o teu Deus que o nome de Salomão seja melhor do que o teu nome; e faça que o seu trono seja maior do que o teu trono. E o rei se inclinou no leito. 48E também disse o rei assim: Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, que hoje tem dado quem se assente no meu trono, e que os meus olhos o vissem. 49Então estremeceram e se levantaram todos os convidados que estavam com Adonias; e cada um se foi ao seu caminho. 50Porém Adonias temeu a Salomão; e levantou-se, e foi, e pegou das pontas do altar. 51E fez-se saber a Salomão, dizendo: Eis que Adonias teme ao rei Salomão; porque eis que pegou das pontas do altar, dizendo: Jure-me, hoje, o rei Salomão, que não matará o seu servo à espada. 52E disse Salomão: Se for homem de bem, nem um dos seus cabelos cairá em terra; porém, se se achar nele maldade, morrerá. 53E enviou o rei Salomão, e o fizeram descer do altar; e veio, e prostrou-se perante o rei Salomão, e Salomão lhe disse: Vai para tua casa.

will be added

X\