Salmos 81

1Ao director do coro. Com a lira de Gat. Salmo da colecção de Assaf. 2Cantem alegremente a Deus, nosso defensor! Cantem louvores ao Deus de Jacob! 3Cantem ao som das pandeiretas, acompanhem com a harpa e a lira. 4Toquem a trombeta na festa da lua nova e na festa da lua cheia, que é a nossa grande festa! 5Isto é um costume de Israel, uma ordem do Deus de Jacob; 6é uma lei dada aos descendentes de José, quando saíram do Egipto. Ouço uma voz desconhecida, que diz: 7«Tirei o peso de cima dos teus ombros; aliviei-te do trabalho de carregar o cesto. 8Na tua angústia, chamaste por mim e eu livrei-te; da nuvem que trovejava, respondi-te, a ti que me provocaste junto das águas de Meriba. 9Ouve, meu povo, a minha advertência; oxalá tu me obedecesses, Israel! 10Não deves consentir deuses estranhos, no teu meio nem os deves adorar. 11Eu, o SENHOR, é que sou o teu Deus, que te fiz sair da terra do Egipto. Sempre que tiveres fome eu te darei alimento. 12Mas o meu povo não quis ouvir-me; Israel não quis saber de mim! 13Por isso, os deixei seguir os seus caprichos e seguir as suas inclinações. 14Se o meu povo me tivesse escutado! Se Israel tivesse seguido os meus caminhos! 15Num instante, humilharia os seus inimigos, e teria castigado os seus adversários. 16Os que odeiam o SENHOR arrastar-se-iam diante dele. A sua sorte está traçada para sempre. 17Deus alimentaria o seu povo com o melhor trigo e os saciaria com mel silvestre.»

will be added

X\