Salmos 79

1Salmo da colecção de Assaf. Ó Deus, os pagãos invadiram a tua terra, profanaram o teu santo templo, reduziram Jerusalém a um montão de ruínas. 2Lançaram os cadáveres dos teus servos para alimento dos abutres e os corpos dos teus fiéis aos animais selvagens. 3Derramaram o seu sangue como água por toda a Jerusalém e ninguém lhes pôde dar sepultura. 4Tornámo-nos motivo de escárnio para as nações vizinhas; os que nos rodeiam riem-se e zombam de nós. 5Até quando, SENHOR, estarás indignado? Será o teu ciúme como um fogo abrasador? 6Descarrega a tua ira sobre os povos e reinos pagãos, que não te conhecem nem te invocam! 7Porque eles mataram o teu povo e transformaram o país em ruínas. 8Não nos faças pagar pelas faltas dos nossos antepassados; que a tua misericórdia venha depressa ao nosso encontro, porque chegámos ao fim das nossas forças! 9Socorre-nos, ó Deus, nosso salvador; livra-nos e perdoa os nossos pecados, pela tua glória e o teu bom nome! 10Por que hão-de perguntar os pagãos: «Onde está o teu Deus?» Mostra a essa gente, diante dos nossos olhos, que a morte dos teus servos não fica sem vingança! 11Cheguem aos teus ouvidos os gemidos dos presos e, com o teu grande poder, salva a vida dos que estão condenados à morte. 12Retribui às nações vizinhas sete vezes mais as ofensas que te fizeram, Senhor. 13Nós, que somos teu povo e ovelhas do teu rebanho, glorificar-te-emos para sempre, cantaremos os teus louvores por todos os séculos!

will be added

X\