Salmos 63

1Salmo da colecção de David, aludindo à ocasião em que ele se encontrava no deserto de Judá. 2Ó Deus, tu és o meu Deus! Sem cessar te procuro! A minha alma está sedenta de ti; todo o meu ser te deseja, como a terra árida, exausta e sem água. 3Quero ver-te no teu santuário e contemplar o teu poder e a tua glória, 4porque o teu amor é mais precioso do que a vida! Com os meus lábios te louvarei 5e toda a minha vida te bendirei; a ti levantarei as mãos em oração. 6A minha alma ficará satisfeita; como se tivesse comido uma deliciosa refeição. Os meus lábios te louvarão alegremente. 7Quando estou deitado lembro-me de ti; se fico acordado, medito em ti, 8porque tu és o meu auxílio. Cantarei feliz debaixo das tuas asas! 9A minha alma está unida a ti e a tua mão mantém-me seguro. 10Os que procuram a minha ruína cairão nas profundezas do abismo. 11Eles morrerão à espada e serão pasto dos animais selvagens! 12Mas o rei alegrar-se-á em Deus; cantarão louvores os que juram por ele, mas os mentirosos serão calados.

will be added

X\