Salmos 62

1Ao director do coro. Para Jedutun. Salmo da colecção de David. 2Só em Deus encontro paz; dele vem a minha salvação. 3Só ele me protege e salva. Não serei abalado, porque ele é o meu refúgio. 4Até quando pretendem atacar um homem? Até que ele morra às vossas mãos, como se fosse uma parede a cair ou como um muro em ruínas? 5Só pensam em violência e para causarem ruína recorrem à mentira. Tecem louvores com os seus lábios, mas amaldiçoam com os pensamentos. 6Só em Deus encontro paz; dele vem a minha esperança. 7Só ele me protege e salva. Não serei abalado, porque ele é o meu refúgio. 8De Deus dependem a minha salvação e honra; ele é a minha protecção e o meu refúgio. 9Que todos confiem sempre nele e lhe falem com toda a confiança! Deus é o nosso refúgio! 10Na verdade, os homens são uma ilusão; grandes ou pequenos, não passam de mentira, juntos numa balança não param de subir, e pesam menos que o vento. 11Não queiram confiar na opressão, nem se iludam com aquilo que é roubado. Se virem aumentar as vossas riquezas, não ponham nelas a vossa confiança. 12Mais do que uma vez ouvi estas palavras que Deus disse: «O poder pertence a Deus.» 13Tu, Senhor, és a bondade e recompensas cada um, segundo as suas acções.

will be added

X\