Salmos 38

1Salmo da colecção de David. Para que Deus se lembre. 2SENHOR, não me repreendas com a tua ira, nem me castigues com o teu furor. 3Feriste-me com as tuas setas e atiraste-me por terra. 4No meu corpo, não ficou nada são; dos meus ossos não ficou nenhum inteiro, por causa da tua ira, por causa das minhas culpas. 5Estou afogado no mar dos meus pecados; eles são carga pesada demais para mim. 6As minhas chagas são fétidas e purulentas, por causa da minha loucura. 7Ando cabisbaixo e deprimido, caminho todo o dia na tristeza. 8Estou a arder de febre; tenho todo o corpo doente! 9Estou fraco e muito quebrado; grito alto as queixas do meu coração! 10Senhor, tu conheces todos os meus desejos; os meus suspiros não são segredo para ti! 11O meu coração palpita muito; faltam-me as forças. Até a luz dos olhos, infelizmente, me falta. 12Os meus amigos e companheiros afastam-se da minha desgraça; os meus parentes conservam-se à distância. 13Os que me querem matar preparam-me armadilhas; pronunciam insultos os que querem o meu mal; a toda a hora maquinam traições. 14Eu, porém, faço-me surdo e não dou ouvidos; faço-me mudo e não abro a boca. 15Sou como aquele que não ouve, e não pode falar em sua defesa. 16Pois eu confio em ti, SENHOR, e tu me respondes, Senhor, meu Deus. 17Uma coisa te peço: não permitas que se riam da minha desgraça; não deixes que zombem vitoriosos da minha queda. 18Na verdade, estou prestes a tropeçar; a minha dor não me larga um momento. 19Vou confessar os meus pecados, porque eles enchem-me de inquietação. 20Os meus inimigos mortais são poderosos; são muitos os que me odeiam sem razão. 21Eles pagam-me o bem com o mal e voltam-se contra mim, quando eu procuro fazer o bem. 22SENHOR, não me desampares! Meu Deus, não te afastes de mim! 23Vem depressa em meu auxílio, Senhor, meu salvador!

will be added

X\