Salmos 132

1Cântico de peregrinação. Lembra-te, SENHOR, de David e de tudo o que ele sofreu! 2Lembra-te do que ele prometeu, da promessa que fez ao Deus poderoso de Jacob: 3«Não entrarei na casa em que moro, nem me deitarei na cama em que durmo; 4não fecharei os meus olhos nem dormirei um instante, 5enquanto não encontrar uma casa para o SENHOR, uma morada para o Deus poderoso de Jacob.» 6Ouvimos dizer que a arca da aliança estava em Efrata, mas fomos encontrá-la nos campos de Jaar. 7Entremos no santuário do SENHOR! Ajoelhemo-nos diante do seu trono! 8Vem, SENHOR, para a tua morada, com a arca da aliança, símbolo do teu poder. 9Que os teus sacerdotes se revistam de justiça; que os teus fiéis gritem de alegria! 10Por amor de David, teu servo, não voltes as costas ao rei que escolheste. 11Tu fizeste uma promessa a David, uma promessa a que não faltarás: «Farei rei um dos teus filhos e ele reinará depois de ti. 12Se os teus filhos cumprirem a minha aliança e os preceitos que lhes hei-de ensinar, também os filhos deles, para sempre, te sucederão como reis.» 13Foi assim que o SENHOR escolheu o monte Sião, desejando fazer nele a sua morada: 14«Esta será a minha morada para sempre; aqui desejo habitar. 15Vou abençoar os seus celeiros com abundância; matarei a fome a todos os seus pobres. 16Vestirei de gala os seus sacerdotes e os seus fiéis gritarão de alegria. 17Ali farei surgir um descendente de David, ali farei brilhar a luz do rei que escolhi. 18Cobrirei de vergonha os seus inimigos, mas ele terá um reinado próspero e esplendoroso.»

will be added

X\