Salmos 129

1Cântico de peregrinação. Muitas vezes me oprimiram desde a minha juventude, que o diga agora Israel. 2Muitas vezes me oprimiram desde a minha juventude, mas não conseguiram vencer-me. 3Fizeram golpes profundos nas minhas costas, que ficaram como um campo lavrado, 4mas o SENHOR, que é justo, livrou-me do poder dos malvados. 5Sejam envergonhados e fujam todos os inimigos de Sião! 6Sejam como a erva que nasce nos telhados e que murcha antes de ser arrancada! 7Erva que não enche as mãos do ceifeiro nem os braços do que ata os feixes; 8erva acerca da qual, passando, ninguém diz aos ceifeiros: «O SENHOR vos abençoe!» Nós vos abençoamos em nome do SENHOR.

will be added

X\