Filipenses 3

1Finalmente, meus irmãos, desejo que tenham alegria no Senhor. A mim não me custa repetir o que já vos escrevi, pois é do vosso interesse. 2Cuidado com os cães; cuidado com os falsos pregadores; cuidado com os fanáticos da circuncisão. 3Nós, e não eles, é que recebemos a verdadeira circuncisão, porque estamos ao serviço de Deus pelo seu Espírito e nos sentimos orgulhosos de pertencer a Cristo Jesus, em vez de pormos a nossa confiança no que é apenas humano. 4É certo que eu também podia confiar nessas coisas. Se alguém julga que pode confiar nisso, eu ainda tenho mais razões: 5fui circuncidado ao oitavo dia, sou judeu de nascimento, pertenço à tribo de Benjamim, sou descendente de hebreus. No que diz respeito à prática da lei, eu era fariseu 6e tão fanático que perseguia a igreja. Quanto ao cumprimento daquilo que manda a lei, ninguém me podia repreender em nada. 7Mas todas essas coisas, que eu julgava proveitosas, considero-as agora como prejudiciais para a causa de Cristo. 8Na verdade, considero tudo como um prejuízo, em comparação com o maravilhoso conhecimento de Jesus Cristo, meu Senhor. Por causa dele, desprezei tudo. Para ganhar Cristo e estar bem unido a ele, considero tudo isso como lixo. 9Se vivo em comunhão com Deus, não é com base na minha própria justiça, que vem da lei, mas sim com a que vem da fé em Cristo, a justiça que vem de Deus com base na fé. 10O que eu desejo é conhecer a Cristo e experimentar o poder da sua ressurreição, tomar parte nos seus sofrimentos, chegando a ser como ele na morte, 11com a esperança de alcançar a ressurreição de entre os mortos. 12Não quero dizer que já o tenha alcançado ou que seja perfeito, mas continuo a ver se o consigo, visto que para isso fui conquistado por Cristo. 13É certo, meus irmãos, que eu não penso ter já conseguido isso, mas faço uma coisa: esqueço-me do que ficou para trás e esforço-me por atingir o que está diante de mim. 14Deste modo, caminho em direcção à meta para obter o prémio que Deus nos prometeu dar no Céu por meio de Cristo Jesus. 15Todos nós, que já somos adultos na fé, devemos pensar assim. Mas se alguns pensam doutro modo, Deus lhes fará ver as coisas. 16Como quer que seja, continuemos na mesma linha que até agora temos seguido. 17Irmãos, sigam o meu exemplo e imitem também aqueles que vivem de acordo com o exemplo que eu vos dei. 18Já vos disse muitas vezes e agora repito isto com lágrimas: há muitos que vivem como inimigos da cruz de Cristo. 19O fim deles é a perdição, pois o seu deus é o estômago. Sentem honra naquilo que os devia envergonhar e só pensam nas coisas deste mundo. 20Nós, porém, somos cidadãos do céu e de lá esperamos que venha o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo. 21Ele transformará o nosso pobre corpo, tornando-o semelhante ao seu corpo glorioso, com aquele mesmo poder que ele tem para exercer domínio sobre todas as coisas.

will be added

X\