Filipenses 2

1Portanto, se algum encorajamento, alguma consolação de amor, alguma comunhão do Espírito, alguns entranhados afectos e sentimentos de compaixão resultam da nossa união com Cristo, 2então peço-vos que me dêem a grande satisfação de viverem em harmonia. Estejam unidos pelo mesmo amor numa só alma e nos mesmos sentimentos. 3Não façam nada por ambição pessoal nem por orgulho, mas, com humildade, considerem os outros superiores a vós próprios. 4Que ninguém procure apenas o seu interesse, mas também o dos outros. 5Tenham os mesmos sentimentos que havia em Cristo Jesus: 6Ele, que por natureza era Deus, não quis agarrar-se a esse direito de ser igual a Deus. 7Pelo contrário, privou-se do que era seu e tomou a condição de escravo, tornando-se igual aos homens. E, vivendo como homem, 8humilhou-se a si mesmo, obedecendo até à morte, e morte na cruz. 9Por isso, Deus elevou Jesus acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo o nome; 10para que ao nome de Jesus se dobrem todos os joelhos: no Céu, na Terra e debaixo da terra; 11e para que todos proclamem, para glória de Deus Pai: Jesus Cristo é o Senhor! 12Portanto, meus irmãos, como sempre me obedeceram quando eu aí estava, obedeçam-me ainda mais agora que estou ausente. Trabalhem pela vossa salvação com temor e tremor, 13pois Deus está sempre a ajudar, fazendo com que desejem e realizem o que é da sua vontade. 14Façam tudo sem murmurações nem contendas 15para que sejam pessoas rectas e dignas, filhos de Deus irrepreensíveis no meio de gente corrompida e perversa. Devem brilhar no meio dessa gente como estrelas no céu, 16levando-lhes a mensagem da vida. Desse modo, no dia de Cristo, eu poderei sentir-me satisfeito convosco, sabendo que não me esforcei nem trabalhei em vão. 17Ainda que a minha vida tenha de ser oferecida como vítima de sacrifício, para juntar à vossa oferta de fé a Deus, eu sinto prazer nisso e compartilho essa alegria convosco. 18Da mesma maneira, sintam igual prazer e tomem parte na minha alegria. 19Espero no Senhor enviar-vos brevemente Timóteo, para também eu ficar cheio de ânimo quando tiver notícias vossas. 20Não tenho nenhum outro tão unido a mim e que assim se preocupe tanto convosco. 21Todos os outros se preocupam apenas com os seus interesses e não com os de Jesus Cristo. 22Mas quanto a Timóteo, bem sabem como deu provas da sua virtude e como trabalhou comigo ao serviço do evangelho, como se fosse um filho com o seu pai. 23Espero enviá-lo, logo que saiba como vai terminar a minha situação. 24Confio no Senhor que também eu irei ver-vos brevemente. 25Julguei que também era conveniente mandar-vos Epafrodito, irmão e companheiro de trabalho e de lutas, vosso enviado para me ajudar nas minhas necessidades. 26Ele tem tido muitas saudades de todos e tem andado preocupado convosco, por terem ouvido que ele estava doente. 27É verdade que esteve doente, mesmo quase a morrer, mas Deus compadeceu-se dele, e não só dele mas também de mim, para que eu não tivesse mais aflições do que as que já tenho. 28E por isso vou mandá-lo o mais depressa possível, para que sintam a alegria de o verem novamente e para que eu fique menos preocupado. 29Recebam-no, pois, com toda a alegria como um irmão no Senhor e estimem os que são como ele. 30Esteve quase a morrer ao serviço de Cristo, arriscando a sua própria vida para me prestar o auxílio que me faltava da vossa parte.

will be added

X\