Números 18

1O SENHOR disse a Aarão: «Tu, os teus filhos e toda a tribo de Levi serão responsáveis pelas faltas cometidas contra o santuário; de igual modo, as faltas cometidas no exercício das funções sacerdotais recaem sobre ti e sobre os teus filhos. 2Terás contigo os teus irmãos da tribo de Levi, a tribo do teu pai, para te acompanharem e servirem, a ti e aos teus filhos, na tenda que guarda o documento da aliança. 3Devem estar ao teu serviço e ao serviço de toda a tenda do encontro, mas não devem aproximar-se dos objectos sagrados nem do altar, sob pena de morrerem uns e outros. 4Devem acompanhar-vos em todos os serviços que dizem respeito à tenda do encontro e a todas as tarefas que lá se realizam. Nenhum estranho se deve aproximar de vós no exercício dessas funções. 5Devem cumprir as vossas funções relativamente ao santuário e ao altar e, assim, não voltará a surgir ameaça contra os israelitas. 6Eu mesmo escolhi os teus irmãos, os levitas, do resto do povo de Israel, para vo-los entregar como consagrados ao SENHOR, a fim de estarem ao serviço da tenda do encontro. 7Tu e os teus filhos devem exercer as funções de sacerdotes no altar e no santuário atrás da cortina de separação. Fui eu que vos confiei a função sacerdotal e qualquer estranho que se aproximar morrerá.» 8O SENHOR disse ainda a Aarão: «Confio-te a guarda de tudo o que me é devido em tributo, tudo o que os israelitas me consagram é para ti e para os teus descendentes, como direito derivado da vossa consagração e válido para sempre. 9Das ofertas mais sagradas que não é obrigatório queimar, pertence-te o seguinte: o produto das ofertas de cereais, dos sacrifícios pelo pecado, dos sacrifícios de reparação. São coisas sagradas que ficam para ti e para os teus descendentes. 10E destas coisas mais sagradas só os homens podem comer; deves considerá-las como coisas sagradas. 11É ainda para ti a parte reservada como tributo ao SENHOR nas coisas que os israelitas oferecem com o gesto ritual de apresentação. Isso é para ti e para os teus descendentes, homens ou mulheres, como direito perpétuo. Todos os da tua família que estiverem ritualmente puros podem comer dessas ofertas. 12Dos primeiros produtos da terra, o melhor do azeite, do vinho e do trigo, também te dou; 13são os primeiros frutos dos seus campos que os israelitas oferecem ao SENHOR e a ti pertencem. Todos os da tua família que estiverem ritualmente puros podem comer deles. 14Tudo o que for reservado ao SENHOR ficará para ti. 15Qualquer animal ou homem nascido dum primeiro parto e que os israelitas têm de oferecer ao SENHOR ficarão para ti. No entanto, o filho do primeiro parto duma mulher e as primeiras crias dum animal impuro devem ser resgatados. 16O resgate dum filho deve ser feito com um mês de idade e deves pagar o equivalente em dinheiro: cinco moedas de prata, segundo o peso do santuário, em que cada moeda tem dez gramas. 17Mas as primeiras crias da vaca, da ovelha e da cabra não podem ser resgatadas: são coisa sagrada. Deves derramar o seu sangue sobre o altar e queimar as suas gorduras em sacrifício que será do agrado do SENHOR. 18E a sua carne será para ti, como para ti são igualmente o peito apresentado ritualmente e a coxa direita. 19Todos os tributos que os israelitas oferecerem ao SENHOR dou-tos a ti também, aos teus filhos e filhas, como direito perpétuo; é uma aliança eterna selada com sal diante do SENHOR, para ti e para os teus descendentes.» 20O SENHOR disse a Aarão: «Tu não receberás herança, em Canaã, com as outras tribos, nem terás uma parte como elas. Eu é que sou a tua herança e a parte a que tens direito entre os israelitas. 21Aos levitas dou como paga todas as décimas dos israelitas, em troca das funções que eles exercem ao serviço da tenda do encontro. 22E assim os israelitas não vão mais correr o risco de morrer, cometendo o pecado de se aproximarem da tenda do encontro. 23Os levitas desempenharão essas funções e serão responsáveis pelos pecados cometidos nesse aspecto. É uma lei válida para todos os vossos descendentes e assim não terão outra herança a receber entre os israelitas. 24Aos levitas dou as décimas que os israelitas oferecem em tributo ao SENHOR. Por isso, vos proibi de receberem herança entre os israelitas.» 25O SENHOR disse a Moisés 26que comunicasse ainda aos levitas as seguintes ordens: «Quando receberem dos israelitas as décimas que vos destinei como paga, devem pôr de parte um décimo dessas décimas, para as oferecerem vocês próprios como tributo ao SENHOR. 27Isso será considerado um tributo da vossa parte, como se fosse do trigo da vossa eira ou do vinho do vosso lagar. 28Desse modo, também pagarão tributo ao SENHOR por todas as décimas que recebem. Entreguem essa parte ao sacerdote Aarão. 29E de todos os dons que receberem devem pôr sempre de lado a parte melhor, como tributo para o SENHOR e essa é a parte que me fica consagrada. 30E diz-lhes ainda que depois de terem retirado a parte melhor de tudo, será calculado o que é destinado aos levitas, como se fosse o produto da eira ou do lagar. 31Podem comer delas em qualquer lugar com a vossa família, pois trata-se do salário que recebem em troca dos vossos serviços na tenda do encontro. 32Se retirarem das décimas a parte melhor, para o SENHOR, não cometerão o pecado de profanarem o que os israelitas consagraram e não correrão o risco de morrer.»

will be added

X\