Miquéas 4

1Dias virão em que a montanha, sobre a qual está o templo do SENHOR ficará acima de todas as montanhas, mais alta do que qualquer outro monte e acorrerão a ela os povos de todas as nações 2em enorme multidão, exclamando: «Venham! Subamos à montanha do SENHOR, ao templo do Deus de Israel! Ele nos ensinará o que devemos fazer, para podermos cumprir a sua vontade! Pois, do monte Sião, em Jerusalém, é que o SENHOR nos ensina com a sua palavra!» 3Ele será juiz entre as nações e será árbitro entre povos longínquos e poderosos. Então eles converterão as suas espadas em arados e as suas lanças em foices. Não haverá mais agressão duma nação contra outra; nem voltarão a ser treinados para a guerra. 4Todos poderão descansar à sombra da sua parreira e da sua figueira, sem receio que ninguém os incomode. É o SENHOR todo-poderoso quem o declara! 5Os outros povos obedecem a diferentes deuses; mas nós queremos obedecer ao SENHOR, que é o nosso Deus para todo o sempre. 6«Virá o dia em que vou reunir aqueles que castiguei duramente aqueles que estão feridos e sofreram o exílio. Palavra do SENHOR! 7Estão coxos e longe da pátria, mas eu farei deles uma nação poderosa. Reinarei sobre eles, no monte de Sião, desde agora e para sempre. 8E tu, Jerusalém, és torre de vigia, onde Deus, como pastor, vela pelo seu povo; serás de novo a capital do reino, a grande senhora que foste outrora.» 9Por que gritas agora desse modo, como uma mulher com dores de parto? Será por não teres rei e por estarem mortos os teus conselheiros? 10Contorce-te e geme, povo de Jerusalém, como uma mulher com dores de parto; porque agora terás de abandonar a cidade e de ir viver nos campos. Terás de ir para a Babilónia, mas o SENHOR há-de ir lá livrar-te do poder dos seus inimigos. 11Muitas nações se juntam agora contra ti e dizem: «Jerusalém será desonrada! Contemplemos a cidade em ruínas!» 12Essas nações não conhecem os planos do SENHOR; nem entendem os seus desígnios. Ele vai juntá-las como feixes de espigas, para serem malhadas na eira. 13«Levantem-se e malhem o trigo, habitantes de Jerusalém. Que eu, o SENHOR, vou tornar-vos fortes como bois com chifres de ferro e cascos de bronze, para esmagarem muitos povos. Palavra do SENHOR! As riquezas que eles adquiriram serão consagradas a mim, que sou o Senhor de toda a terra.» 14Agora, Jerusalém, prepara a tua defesa, porque fomos sitiados! E vão atacar o chefe de Israel, batendo-lhe na cara com um pau.

will be added

X\