Mateus 2

1Jesus nasceu em Belém, na região da Judeia, no tempo do rei Herodes. Depois do seu nascimento, chegaram uns sábios do Oriente a Jerusalém 2e perguntaram: «Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? É que nós vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo.» 3Quando ouviu isto, o rei Herodes ficou muito perturbado e com ele a população de Jerusalém. 4Mandou reunir todos os chefes dos sacerdotes mais os doutores da lei e perguntou-lhes onde haveria de nascer o Messias. 5Responderam: «Em Belém da Judeia, conforme o que o profeta escreveu: 6Tu, Belém, terra de Judá, não és de modo nenhum a menor entre as terras principais da Judeia, porque de ti é que há-de vir um chefe que será o pastor do meu povo de Israel.» 7Então Herodes chamou à parte os sábios e perguntou-lhes quando é que exactamente a estrela lhes tinha aparecido. 8Depois mandou-os a Belém com esta recomendação: «Vão, informem-se cuidadosamente acerca do menino e, quando o encontrarem, venham-me dizer para eu ir também adorá-lo.» 9Depois de ouvirem o rei, os sábios partiram. Nisto, repararam que a estrela que tinham observado a oriente ia adiante deles, até que parou por cima do lugar onde se encontrava o menino. 10Ao verem a estrela, sentiram uma alegria enorme. 11Quando entraram na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e inclinaram-se para o adorar. Depois abriram os cofres e fizeram-lhe as suas ofertas de ouro, incenso e mirra. 12Então Deus avisou-os por meio dum sonho, para não voltarem a encontrar-se com Herodes. E eles partiram para a sua terra por outro caminho. 13Depois de se terem ido embora, um anjo do Senhor apareceu a José, num sonho, e disse-lhe: «Levanta-te, toma o menino mais a sua mãe e foge com eles para o Egipto. Deixa-te lá estar até que eu te diga, porque Herodes vai procurar a criança para a matar.» 14José levantou-se, tomou o menino com a sua mãe e pôs-se a caminho, de noite, para o Egipto. 15Ficou lá até à morte de Herodes. Assim se cumpriu o que o Senhor tinha dito pelo profeta: Chamei do Egipto o meu filho. 16Quando Herodes percebeu que os sábios o tinham enganado, ficou furioso e mandou matar, em Belém e nos arredores, todos os meninos de dois anos para baixo, conforme o tempo que ele tinha apurado pelas palavras dos sábios. 17Foi assim que se cumpriu o que o profeta Jeremias tinha dito: 18Em Ramá se ouviu um grito, choro amargo, imensa dor. É Raquel a chorar os filhos; e não quer ser consolada, porque eles já não existem. 19Depois da morte de Herodes, um anjo do Senhor apareceu em sonhos a José, no Egipto, 20e disse-lhe: «Levanta-te, toma o menino e sua mãe e volta para a terra de Israel, porque já morreram aqueles que procuravam tirar a vida ao menino.» 21José levantou-se, tomou o menino com a sua mãe e voltou para a terra de Israel. 22Mas, quando soube que Arquelau reinava na Judeia em lugar de seu pai Herodes, teve medo de ir para lá. Tendo recebido novas instruções de Deus por meio dum sonho partiu para a região da Galileia. 23Ali fixou residência numa terra chamada Nazaré. Foi assim que se cumpriu aquilo que foi dito pelos profetas: Ele há-de chamar-se Nazareno.

will be added

X\