Malaquias 2

1«São estas as ordens que agora vos dou, ó sacerdotes! 2Se não me obedecerem com sinceridade e não tomarem a sério o dever de honrar o meu nome, amaldiçoar-vos-ei; converterei em maldição todas as vossas bênçãos. E tudo isto, porque não me honraram com sinceridade. Palavra do SENHOR todo-poderoso! 3Castigarei os vossos descendentes e hei-de atirar-vos à cara o esterco dos animais que trazem para oferecer em sacrifício. E, junto com o esterco, serão lançados para longe. 4Hão-de reconhecer então que eu vos dei estas ordens, para que se mantenha a aliança que fiz com os sacerdotes descendentes de Levi. Palavra do SENHOR todo-poderoso! 5O meu pacto com eles foi de vida e de paz; e isso mesmo lhes concedi, para que me respeitassem e eles respeitaram-me; para que me honrassem e eles mostraram reverência. 6Eles ensinavam a verdade e não a falsidade; viviam em paz e justiça comigo e afastaram muitos do caminho do mal. 7É dever dos sacerdotes serem instruídos, para que outros aprendam deles a conhecer a lei de Deus, pois são eles os mensageiros do SENHOR todo-poderoso. 8Mas vocês, sacerdotes, desviaram-se do bom caminho e fizeram tropeçar muita gente com os vossos ensinamentos. Traíram o pacto que fiz com a tribo de Levi! Palavra do SENHOR todo-poderoso! 9Por isso, farei com que todo o povo vos considere desprezíveis e indignos, visto que não seguiram os meus caminhos e não trataram toda a gente por igual, ao ensinarem o povo.» 10Não temos todos nós o mesmo pai? Não foi o mesmo Deus que nos criou? Por que razão seremos desleais uns para com os outros, desprezando a aliança que Deus fez com os nossos antepassados? 11O povo de Judá foi infiel a Deus e cometeram-se acções horríveis em Jerusalém e em Israel. Desrespeitaram o santuário que o SENHOR tanto ama; casaram-se com mulheres que adoram deuses estranhos. 12O SENHOR há-de afastar da comunidade de Jacob todo aquele que fizer isso, bem como a sua família, mesmo que tenha apresentado ofertas ao SENHOR todo-poderoso. 13E há outra coisa que fazem: inundam de lágrimas o altar do SENHOR e choram com grandes lamentos, porque o SENHOR se recusa a aceitar a vossa oferta e não lhe agrada que lha apresentem. 14Mas perguntarão por que não aceita. Porque o SENHOR foi testemunha de que faltaste à promessa que fizeste à mulher com quem casaste quando eras jovem. Era a tua companheira e prometeste-lhe fidelidade. 15Não fez Deus de ambos um só corpo e um só espírito? E para quê? Para que os descendentes lhe sejam consagrados. Portanto, tenham cuidado e que ninguém falte à promessa que fez à mulher da sua juventude. 16Pois quem deixa de amar a mulher e a abandona fica coberto de violência. Palavra do SENHOR, todo-poderoso, o Deus de Israel! Portanto, tenham cuidado e que ninguém falte à sua promessa. 17Aborrecem o SENHOR com aquilo que dizem e ainda perguntam: «Como é que o aborrecemos?» Pois foi quando disseram: «Aquele que pratica o mal é bem visto pelo SENHOR e é desses que ele gosta.» Ou então: «Onde está o Deus que faz justiça?»

will be added

X\