João 16

1Digo-vos estas palavras para não se deixarem desorientar. 2Os judeus hão-de expulsar-vos das suas sinagogas. Mais ainda, virá o tempo em que aquele que vos matar pensa que faz uma coisa agradável a Deus. 3Eles farão tudo isso, porque não conhecem nem ao Pai nem a mim. 4Falo-vos destas coisas para que, quando vier esse tempo, se recordem de que já vos tinha dito isso.» «Não vos disse estas coisas desde o princípio porque estivemos sempre juntos. 5Mas agora vou para aquele que me enviou. E é estranho que ninguém me pergunte para onde é que eu vou. 6Vejo que estão tristes por vos dizer tudo isto. 7Mas fiquem a saber que para vosso bem é melhor que eu vá. Se eu não for, o Defensor não virá até vós, mas se eu for, eu vo-lo enviarei. 8Quando ele chegar há-de convencer as pessoas do mundo sobre três coisas: que cometeram pecado, que há uma justiça e que há um julgamento. 9De facto, cometeram pecado porque não crêem em mim. 10Depois há uma justiça, porque vou para o Pai e não me verão mais. 11Finalmente, há um julgamento porque o que domina este mundo já foi condenado. 12Tenho ainda muitas coisas para vos dizer, mas isso agora era demais para vocês. 13Quando vier o Espírito da verdade, vai guiar-vos em toda a verdade. É que ele não falará por si próprio, mas comunicará o que lhe disserem e anunciar-vos-á as coisas que ainda estão para acontecer. 14Ele vos manifestará a minha glória porque tomará daquilo que é meu e vo-lo anunciará. 15Tudo quanto o Pai tem, pertence-me também a mim. Por isso é que eu digo: o Espírito receberá daquilo que é meu e vo-lo anunciará.» 16«Dentro de pouco tempo deixarão de me ver, mas um pouco mais tarde hão-de voltar a ver-me.» 17Alguns dos discípulos perguntaram uns aos outros: «Como é que se entende isto: dentro de pouco tempo vão deixar de me ver, mas um pouco mais tarde hão-de voltar a ver-me? Que quer ele dizer com “ir para o Pai”? 18E que significa “dentro de pouco tempo”? Não entendemos o que ele quer dizer.» 19Jesus percebeu que o queriam interrogar e disse-lhes: «Eu afirmei-vos que dentro de pouco tempo vão deixar de me ver, mas um pouco mais tarde hão-de voltar a ver-me. É disto que discutem, não é verdade? 20Pois fiquem a saber que hão-de chorar e lamentar-se, mas o mundo se alegrará. Ficarão cheios de tristeza, mas a vossa tristeza há-de mudar-se em alegria. 21Uma mulher fica triste quando chega a hora de dar à luz. Mas logo que a criança acaba de nascer, esquece todas as dores e fica cheia de alegria por ter dado um novo ser ao mundo. 22Também vocês agora estão tristes. Mas eu hei-de voltar a ver-vos e, nessa altura, vão encher-se duma alegria tão grande que ninguém a pode tirar dos vossos corações. 23Quando chegar esse dia, já não precisam de me fazer mais perguntas. E prometo-vos que tudo quanto pedirem ao meu Pai em meu nome ele vo-lo dará. 24Até este momento, ainda nada pediram ao meu Pai em meu nome. Peçam que hão-de receber, e assim a vossa alegria será completa.» 25«Eu disse-vos todas estas coisas por meio de comparações. Mas está a chegar o tempo em que não vos falarei mais dessa maneira. Hei-de declarar-vos abertamente tudo o que se refere ao Pai. 26Nessa altura pedirão em meu nome, e nem vai ser preciso que eu peça ao Pai por vós, 27pois o Pai ama-vos a todos, porque vocês me amam e crêem que eu vim de Deus. 28Eu saí de junto do Pai para vir a este mundo. Agora deixo o mundo e vou novamente ter com o Pai.» 29Disseram-lhe os seus discípulos: «De facto, agora falas claramente e não por comparações. 30Agora vemos que sabes tudo. Até sabes aquilo que te queremos perguntar. Por isso acreditamos que vieste de Deus.» 31Respondeu-lhes Jesus: «Agora acreditam? 32Pois vai chegar a hora, e está mesmo aí, em que cada um há-de fugir para seu lado e deixar-me só. Mas eu não fico só, porque o Pai está comigo. 33Disse-vos isto para que encontrem a paz em mim. Têm muito que sofrer no mundo, mas tenham coragem! Eu venci o mundo!»

will be added

X\