Jeremias 36

1No quarto ano do reinado de Joaquim, filho de Josias, rei de Judá, o SENHOR deu a seguinte ordem a Jeremias: 2«Pega num pergaminho e escreve nele tudo o que te disse acerca de Judá e de Israel e das outras nações. Escreve tudo quanto te revelei, desde que comecei a falar-te, desde o tempo em que Josias era rei, até hoje. 3Talvez, quando os habitantes de Judá ouvirem acerca da desgraça que estou a planear trazer contra eles, se arrependam dos seus maus actos. Então perdoar-lhes-ei a sua maldade e os seus pecados.» 4Jeremias chamou então Baruc, filho de Néria, e ditou-lhe tudo o que o SENHOR lhe comunicara. E Baruc escreveu tudo num pergaminho. 5Seguidamente, deu-lhe as seguintes instruções: «Já não tenho autorização de ir ao templo. 6Quero, porém, que tu vás na próxima vez em que o povo jejuar. Deves ler este rolo em voz alta, diante do povo que lá estiver, diante de todo o povo de Judá, para que ouçam tudo o que o SENHOR me comunicou e que eu te ditei. 7Talvez eles peçam perdão ao SENHOR e se arrependam dos seus maus caminhos, porque o SENHOR ameaçou castigar este povo com a sua ira e fúria.» 8Assim Baruc leu no templo as palavras do SENHOR escritas no rolo, tal como lhe ordenara o profeta Jeremias. 9No nono mês do quinto ano em que Joaquim era rei de Judá, todo o povo de Jerusalém e todos os que vieram das cidades de Judá foram convocados para uma cerimónia de jejum, no templo do SENHOR. 10Nessa altura, Baruc leu, diante de todo o povo, o rolo, com tudo o que eu ditara. Foi no templo, na sala de Guemarias, filho de Chafan, o escriba. Esta sala ficava situada no átrio superior, junto à entrada da Porta Nova do templo. 11Miqueias, filho de Guemarias e neto de Chafan, ouviu Baruc ler o rolo com tudo o que o SENHOR dissera. 12E dirigiu-se, em seguida, para o palácio real, para a sala do escriba, onde os oficiais se encontravam reunidos em sessão. Elisama, o escriba, Delaías, filho de Chemaías, Elnatan, filho de Acbor, Guemarias, filho de Chafan, Sedecias, filho de Hananias e todos os restantes oficiais se encontravam ali. 13E Miqueias comunicou-lhes o que ouvira Baruc ler ao povo. 14Então os oficiais enviaram Jeudi, filho de Netanias, neto de Chelemias, e bisneto de Cuchi, para ir dizer a Baruc que lhes levasse o rolo que acabara de ler diante do povo. E Baruc assim fez. 15Então disseram-lhe: «Senta-te aí e lê-nos esse rolo!» E Baruc leu-o de novo, diante de todos. 16Ao ouvirem tudo aquilo, voltaram-se uns para os outros alarmados e disseram a Baruc: «Temos de comunicar isto ao rei.» 17E perguntaram-lhe ainda: «Diz-nos como é que escreveste isto tudo! Foi Jeremias quem to ditou?» 18Baruc respondeu: «Jeremias ditou-me todas estas palavras e eu escrevi-as com tinta neste rolo.» 19Então replicaram-lhe: «Tu e Jeremias têm de se ir embora e esconder-se. Que ninguém saiba onde vocês estão!» 20Os oficiais colocaram o rolo na sala de Elisama, o escriba, e dirigiram-se ao palácio do rei, onde lhe relataram o sucedido. 21Então o rei mandou Jeudi ir buscar o rolo. Jeudi retirou-o da sala de Elisama e leu-o ao rei e a todos os oficiais que estavam presentes junto dele. 22Era Inverno, e o rei estava sentado nos seus aposentos de Inverno, diante da lareira acesa. 23Quando Jeudi tinha lido três ou quatro colunas, o rei cortou-as com uma pequena faca e atirou-as para a lareira. E assim continuou a fazer até que todo o rolo foi queimado. 24Porém nem o rei nem os seus oficiais, que ouviram tudo isto, tiveram medo nem mostraram sinais de arrependimento. 25E, embora Elnatan, Delaías e Guemarias pedissem ao rei que não queimasse o rolo, ele não quis saber. 26Pelo contrário, ordenou ao príncipe Jeramel, a Seraías, filho de Azeriel e a Chelemias, filho de Abdiel, que prendessem o profeta Jeremias e o seu secretário Baruc. Porém o SENHOR, entretanto, tinha-os escondido. 27Depois de o rei Joaquim ter queimado o rolo com as mensagens que Jeremias ditara a Baruc, o SENHOR disse a Jeremias: 28«Toma outro pergaminho e escreve nele tudo o que escreveste no primeiro, naquele que Joaquim queimou. 29E diz também a Joaquim, rei de Judá: “Tu queimaste o rolo e perguntaste por que é que Jeremias escreveu que o rei da Babilónia viria e destruiria esta terra e mataria os seus habitantes e animais. 30Por isso, eu, o SENHOR, declaro que nenhum dos descendentes do rei Joaquim reinará no trono de David. O seu cadáver será lançado fora e ficará exposto ao sol, de dia, e à geada, de noite. 31Hei-de castigá-lo, bem como aos seus descendentes e aos seus oficiais, por causa dos seus pecados. Nem ele nem os habitantes de Jerusalém e de Judá quiseram saber dos meus avisos. Por isso, farei cair sobre eles a desgraça com que os ameacei.”» 32Seguidamente, Jeremias pegou noutro rolo e entregou-o ao seu secretário Baruc, que escreveu tudo quanto ele lhe ditou. Escreveu tudo o que continha o primeiro rolo, que Joaquim tinha queimado e acrescentou ainda muitas outras mensagens semelhantes.

will be added

X\