Jeremias 16

1De novo o SENHOR me falou e disse: 2«Não te cases nem tenhas filhos nesta terra. 3Vou dizer-te o que vai acontecer às crianças que nascerem aqui e aos seus pais, que as fizeram nascer. 4Morrerão de doenças terríveis, e ninguém as sepultará nem chorará. Os seus cadáveres ficarão em monte, como estrume sobre os campos. Morrerão na guerra ou de fome, e os seus corpos serão pasto das aves e dos animais selvagens. 5Não entres em casa onde há luto. Não chores por ninguém nem vás dar os pêsames. Pois não abençoarei mais o meu povo com paz, nem lhe mostrarei amor ou misericórdia. Palavra do SENHOR! 6O rico e o pobre morrerão nesta terra, mas ninguém os sepultará nem chorará. Ninguém fará cortes na pele nem rapará a cabeça em sinal de pesar. 7Ninguém se associará a comer ou beber com a família que está de luto, a quem morreu um ente querido. Ninguém mostrará simpatia, nem mesmo por quem tenha perdido o pai ou a mãe. 8Não entres na casa onde haja festa. Não te sentes com os que comem e bebem. 9Presta atenção ao que eu, o SENHOR todo-poderoso, o Deus de Israel, tenho para dizer. Vou acabar com todos os sinais de alegria e de contentamento, a voz de alegria do noivo e da noiva. 10Quando lhes anunciares tudo isso, perguntar-te-ão por que decidi castigá-los tão severamente. Quererão saber que crime cometeram e que pecado fizeram contra o SENHOR seu Deus. 11Comunica-lhes o que o SENHOR disse: “Os vossos antepassados voltaram-me as costas e adoraram e serviram a outros deuses. Abandonaram-me e não obedeceram aos meus ensinamentos. 12Mas vocês fizeram ainda pior do que eles! Todos insistem na sua estúpida e depravada teimosia e não me obedecem. 13Por isso, vos expulsarei desta terra, para outra que nem vocês nem os vossos antepassados conheceram. Ali terão de servir, dia e noite, a outros deuses, e eu recusarei tratar-vos com misericórdia.”» 14Diz o SENHOR: «Há-de vir um tempo em que o povo não jurará mais pelo Deus vivo, que o trouxe do Egipto, 15mas sim pelo Deus vivo, que o trouxe do norte, dos países por onde o tinha espalhado. De facto, vou trazê-lo de volta à sua terra, à terra que dei aos seus pais. Palavra do SENHOR!» 16«Mandei buscar muitos pescadores, para virem apanhar este povo. Palavra do SENHOR! Em seguida, trarei caçadores, que os façam sair de cada monte e colina e dos buracos das rochas. 17Vejo tudo o que eles fazem. Nada me escapa; os seus pecados não me passam despercebidos. 18Fá-los-ei pagar a dobrar pelos seus pecados e maldade, porque profanaram a minha terra com ídolos que têm tanta vida como os cadáveres, e encheram-na com os seus abomináveis deuses falsos.» 19SENHOR, tu és a minha protecção e fortaleza; és o meu refúgio em tempo de aflição. As nações virão a ti dos confins da terra, e dirão: «Os nossos antepassados seguiam deuses falsos, que não tinham nenhum valor. 20Poderá o homem fabricar os seus deuses, deuses que não são verdadeiros?» 21«Portanto — diz o SENHOR, vou-lhes mostrar de uma vez para sempre o meu poder e a minha força; e ficarão a saber que eu sou o SENHOR!»

will be added

X\