Jeremias 1

1Palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes que viviam em Anatot, no território da tribo de Benjamim. 2Pois o SENHOR confiou as suas mensagens a Jeremias no tempo de Josias, filho de Amon, rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado. 3E falou-lhe ainda durante o reinado de Joaquim, filho de Josias, rei de Judá, e até ao fim do décimo primeiro ano do reinado de Sedecias, igualmente filho de Josias, rei de Judá. No quinto mês desse ano os habitantes de Jerusalém foram levados para o exílio. 4O SENHOR dirigiu-me a seguinte mensagem: 5«Antes de te ter dado a vida eu já te conhecia; antes de a tua mãe te ter dado à luz, já eu te tinha escolhido, para seres profeta entre os pagãos.» 6Eu respondi: «Ah! SENHOR, meu Deus, eu não sei falar: sou ainda muito novo!» 7Porém o SENHOR replicou: «Não digas que ainda és muito novo, mas vai aonde eu te enviar, e fala como eu te mandar. 8Não tenhas medo de ninguém; eu estarei ao teu lado para te proteger. Sou eu, que to digo!» 9Então o SENHOR tocou nos meus lábios com a sua mão e acrescentou: «Ouve, vou pôr as minhas palavras nos teus lábios; 10a partir de hoje vou dar-te autoridade sobre povos e reinos: terás poder para arrancar e para destronar, para destruir e para arruinar, mas também para plantar e para reconstruir.» 11O SENHOR perguntou-me ainda: «Que estás a ver Jeremias?» E eu respondi: «Vejo um ramo de amendoeira.» 12«Viste bem — disse-me o SENHOR — isso significa que estarei vigilante para que a minha palavra se cumpra.» 13E o SENHOR perguntou-me de novo: «E que vês agora?» Eu respondi: «Vejo uma panela com água a ferver a deitar fora pelo lado norte.» 14O SENHOR disse em seguida: «Do norte virá a derrota dos habitantes desta terra, 15porque vou convocar os povos do norte. Os seus reis virão colocar o seu trono diante das portas de Jerusalém, junto das muralhas que a circundam. E o mesmo farão às outras cidades de Judá. 16Castigarei o meu povo por causa do seu pecado; abandonaram-me e ofereceram sacrifícios a outros deuses, fizeram ídolos e ajoelharam-se diante deles. 17E tu prepara-te para lhes dizer tudo o que eu te mandar. Não tenhas medo deles senão, não vais ter coragem para os enfrentar. 18A partir de hoje, te darei poder para lhes resistires serás como uma cidade com mulharas, uma coluna de ferro ou um muro de bronze contra os reis de Judá e os seus conselheiros, os sacerdotes e o povo. 19Eles combaterão contra ti, mas não te conseguirão vencer porque eu estou contigo para te proteger. Sou eu, o SENHOR, que to digo.»

will be added

X\