Isaías 9

1O povo que caminhava nas trevas viu uma grande luz; habitavam numa terra de sombras e uma luz brilhou para eles. 2Acrescentaste a alegria, ó SENHOR, aumentaste o júbilo. Rejubilam diante de ti como se alegram no tempo das ceifas, como rejubilam ao repartirem os despojos. 3Tal como outrora com o jugo dos madianitas, também agora quebras o jugo da opressão que pesa sobre o teu povo, a vara que lhes rasga os ombros e o bastão do capataz de trabalhos forçados. 4A bota inimiga que pisa o solo com arrogância e a capa enrolada, tingida de sangue, serão queimadas e pasto do fogo. 5É que um menino nos nasceu, um filho nos foi dado. Deus colocou a soberania sobre os seus ombros. Os seus títulos são: Conselheiro maravilhoso, Deus forte, Pai para sempre, Príncipe da paz. 6Ele vai alargar o seu domínio e governar em paz total, sobre o trono de David e sobre o seu reino. Vai estabelecê-lo e consolidá-lo com a justiça e o direito, desde agora e para sempre. É isto mesmo o que vai realizar o SENHOR do Universo, com todo o zelo. 7O Senhor lançou a sua sentença contra os descendentes de Jacob, ela caiu sobre o reino de Israel. 8Todo o povo a há-de ouvir, o reino de Efraim e os habitantes da Samaria. Eles dizem com soberba e presunção: 9«Se caíram os tijolos, reconstruiremos com pedras lavradas; se deitaram abaixo as vigas de sicómoro, substituí-las-emos por vigas de cedro.» 10O SENHOR fez que surgisse contra eles o seu inimigo Recin. Atiçou os seus adversários, 11os arameus pela frente e os filisteus por detrás. Eles devoraram Israel à boca cheia. E apesar disto, a ira do SENHOR não se acalma, a sua mão continua ameaçadora. 12Mas o povo não se converteu a Deus, que o castigava, não procurou o SENHOR do Universo. 13Então num só dia, o SENHOR cortou em Israel a cabeça e a cauda a palma e o junco. 14O ancião e o nobre são a cabeça, os falsos profetas são a cauda. 15Os dirigentes do povo enganam-no, e os dirigidos são totalmente esmagados. 16Por isso, o Senhor não se alegra com os jovens, e não tem compaixão dos órfãos e viúvas. São todos ímpios e maus; tudo quanto dizem é infame. E apesar disto, a ira do Senhor não se acalma, a sua mão continua ameaçadora. 17A maldade está a arder como um fogo, que consome silvas e cardos; o fogo toma conta das árvores da floresta e levanta para o céu colunas de fumo. 18O país está em chamas devido à cólera do SENHOR do Universo: o povo é pasto das chamas. Ninguém tem compaixão do seu próximo. 19Cortam um pedaço à direita e continuam com fome, devoram um outro pedaço à esquerda e não ficam saciados. Cada um devora os seus próprios parentes. 20A tribo de Manassés está contra a de Efraim e esta contra a de Manassés, e as duas juntas contra a de Judá. E, apesar disto, a ira do Senhor não se acalma, a sua mão continua ameaçadora.

will be added

X\