Isaías 62

1Pelo amor que tenho a Sião não me calarei, pelo amor de Jerusalém não descansarei, até que apareça a aurora da sua justiça e a sua salvação brilhe como uma chama. 2As nações hão-de ver a tua justiça, todos os reis contemplarão a tua glória; hão-de chamar-te um nome novo que o próprio SENHOR escolheu. 3Serás como uma coroa brilhante na mão do SENHOR, como um diadema real na palma do teu Deus. 4Não mais serás chamada «cidade abandonada», nem a tua terra será «terra devastada». Antes serás chamada «preferida do SENHOR», e à tua terra chamarão «a bem casada». Na verdade, terás a preferência do SENHOR e a tua terra terá um esposo. 5Assim como um rapaz se casa com uma jovem, também aquele que te reconstrói se casa contigo. Assim como a noiva é a alegria do noivo, também tu serás a alegria do teu Deus. 6Sobre as tuas muralhas, Jerusalém, coloquei sentinelas. Elas nunca se poderão calar, nem de dia nem de noite. «Os que se lembram do SENHOR não se dêem descanso 7e não permitam que ele descanse até que dê a Jerusalém estabilidade e faça dela a admiração da terra.» 8O SENHOR fez este juramento ao meu povo, garantindo pelo poder da sua mão direita e do seu braço: «Nunca mais deixarei que o teu trigo sirva de alimento para os teus inimigos, e que o teu vinho novo, que tanto te custou a cultivar, sirva de bebida aos estrangeiros. 9Os que hão-de comer o trigo, louvando o SENHOR, são os que o ceifarem; os que hão-de beber o vinho no meu santo templo, são os que o vindimarem.» 10Saiam! Saiam depressa pelas portas! Preparem o caminho para o povo, aplanem, aplanem a calçada e limpem-na das pedras, levantem um sinal para que os povos vejam. 11O SENHOR faz ouvir as suas ordens em toda a terra. Digam, pois, ao povo de Sião: «Vem aí o teu salvador; traz consigo, o prémio da sua vitória e a recompensa o acompanha.» 12Esses serão chamados «povo santo», «resgatados pelo SENHOR». E tu serás chamada «a desejada», «cidade não abandonada».

will be added

X\