Isaías 25

1SENHOR, tu és o meu Deus, quero louvar-te e celebrar aquilo que tu és; porque realizaste coisas maravilhosas, projectos antigos, firmes e leais. 2Reduziste a cidade a um montão de pedras, a cidade bem fortificada tornaste-a uma ruína. A fortaleza dos orgulhosos deixou de ser uma cidade, e nunca mais será reedificada. 3Por isso, um povo poderoso te glorifica, a capital dos povos tiranos te respeita. 4Porque tu foste o refúgio dos fracos, o refúgio dos infelizes na sua angústia, um abrigo contra o mau tempo, uma sombra contra os ardores do Sol. Realmente, o furor dos tiranos é como uma tempestade de Inverno, 5ou como um Sol ardente em terra árida. Tu fazes calar o ruído dos orgulhosos. Assim como as nuvens diminuem o ardor do Sol, também tu abafas o canto vitorioso dos tiranos. 6No monte Sião, o SENHOR do Universo vai oferecer a todos os povos um banquete de carnes gordas, acompanhadas de vinhos finos, carnes gordas e bem defumadas, vinhos finos e bem tratados. 7Neste monte arrancará o véu de luto que cobre todos os povos, a cortina que tapa todas as nações. 8O SENHOR Deus aniquilará a morte para sempre, enxugará as lágrimas em todas as faces, e tirará da nação inteira a afronta que o seu povo tem suportado. Foi o SENHOR quem o prometeu! 9Dir-se-á naquele dia: «É ele que é o nosso Deus, aquele em quem esperámos, confiantes, e nos salvou. Sim, nós esperámos no SENHOR! Exultemos e rejubilemos porque ele nos salvou. 10A mão protectora do SENHOR repousa neste monte!» Mas Moab será pisada no seu próprio terreno como se pisa a palha na estrumeira. 11Lá dentro, agita os braços, como faz o nadador ao nadar, mas, apesar desses esforços, o SENHOR humilhará o seu orgulho. 12Os altos baluartes das tuas muralhas, ó Moab, o SENHOR os derrubará e abaterá, deixando-os por terra destruídos.

will be added

X\