Isaías 2

1Mensagem revelada por Deus a Isaías, filho de Amós, acerca de Judá e Jerusalém: 2Dias virão em que a montanha sobre a qual está o templo do SENHOR ficará acima de todas as montanhas mais alta do que qualquer outro monte; e acorrerão a ela os povos de todas as nações, 3em enorme multidão, exclamando: «Vinde! Subamos à montanha do SENHOR, ao templo do Deus de Jacob! Ele nos ensinará o que devemos fazer, para podermos cumprir a sua vontade. Do monte de Sião, em Jerusalém, é que o SENHOR nos ensina com a sua palavra. 4Ele será o juiz entre as nações e o árbitro nas questões entre os povos. Então eles hão-de converter as suas espadas em arados e as suas lanças em foices. Nenhum povo levantará a espada contra outro nem voltarão a ser treinados para a guerra. 5Vamos, povo de Jacob! Caminhemos guiados pela luz do SENHOR!» 6SENHOR, abandonaste o teu povo, os descendentes de Jacob, porque a nação está cheia de adivinhos orientais e de magos à maneira dos filisteus e abundam os filhos de estrangeiros. 7O país está cheio de prata e ouro e os seus tesouros são incontáveis. Está também cheio de cavalos e de carros de guerra sem fim. 8O país está cheio de ídolos. As pessoas adoram os deuses que eles mesmos fabricaram com as suas próprias mãos. 9Todos os que assim procedem serão abatidos e humilhados. Não lhes perdoes, SENHOR! 10Escondam-se no meio das rochas e metam-se nas tocas da terra, quando o SENHOR aparecer de rosto irado e com o esplendor terrível da sua majestade. 11Virá o dia em que os orgulhosos serão abatidos e os soberbos humilhados. Só o SENHOR será vitorioso! 12Virá o dia em que o SENHOR todo-poderoso vai humilhar aquele que é orgulhoso, soberbo e altivo; 13todos os que pensam ser como os cedros do Líbano, altos e magnificentes ou como os carvalhos de Basã; 14todos os que pensam ser como as altas montanhas ou como as colinas elevadas; 15todos os que pensam ser como as altas torres ou como as muralhas inacessíveis; 16todos os que pensam ser como os grandes navios de Társis ou como os barcos de luxo. 17O orgulho das pessoas será humilhado e a sua altivez será esmagada. Naquele dia, só o SENHOR será vitorioso. 18E todos os ídolos desaparecerão. 19Escondam-se nas cavernas das rochas e nos buracos da terra, quando o SENHOR aparecer com o rosto irado e com o esplendor terrível da sua majestade, quando ele se levantar, enchendo a terra de terror. 20Naquele dia, todos lançarão aos ratos e aos morcegos os seus ídolos de ouro e prata, que fabricaram para adorarem; 21irão enfiar-se nos buracos das rochas e nas fendas dos penhascos, para se esconderem do SENHOR que aparece de rosto irado e com o esplendor terrível da sua majestade, quando ele se levantar, enchendo a terra de terror. 22Deixem, pois, de confiar no homem! Ele não é mais que um sopro. Que valor tem ele, então?

will be added

X\