Oséas 5

1«Escutem com atenção o que vos digo, ó sacerdotes e dirigentes de Israel e funcionários da corte real! Competia-vos estabelecer a justiça. Mas vocês foram uma armadilha em Mispá, uma rede estendida no monte Tabor 2e um fosso profundo em Sitim. Por isso, vou castigar-vos a todos. 3Eu conheço bem Efraim, Israel não é para mim um desconhecido. Sim, tu, Efraim entregaste-te à prostituição e Israel encontra-se contaminado. 4As suas acções não lhes permitem converter-se ao seu Deus; domina-os o desejo da prostituição e por isso desconhecem o SENHOR. 5A arrogância de Israel é uma acusação contra si próprio. Israel e Efraim tropeçam nos seus crimes, e até Judá se deixa arrastar com eles. 6Com ovelhas e vacas para oferecer, irão procurar a benevolência do SENHOR, mas não o encontrarão, porque o SENHOR se afastou deles. 7Atraiçoaram o SENHOR, gerando filhos bastardos, mas agora, em menos de um mês, um intruso vai devorar-lhes tudo quanto possuem.» 8«Toquem trombeta em Guibeá e cornetins em Ramá, lancem o grito de guerra em Bet-Aven! Cuidado com o que se passa atrás de ti, Benjamim! 9Efraim será uma desolação no dia do castigo. O que anuncio às tribos de Israel é coisa certa. 10Os chefes de Judá portam-se como os que mudam os marcos; sobre eles derramarei a minha cólera como uma torrente. 11Efraim está oprimido e os seus direitos espezinhados, foi mesmo uma loucura correr atrás de miragens. 12Vou ser para Efraim como um abcesso e como um cancro incurável para Judá. 13Efraim reconheceu o seu mal e Judá a sua chaga. Então Efraim dirigiu-se à Assíria e mandou uma embaixada ao seu imperador. Mas ele não vos pode curar, nem dar remédio ao vosso mal. 14Eu, o SENHOR, ataco Efraim como um animal feroz e Judá, como um leão. Eu mesmo apanharei a presa e a levarei, de modo que ninguém ma poderá tirar.» 15«Vou regressar à minha morada, até que reconheçam as suas faltas e se voltem para mim. Na sua tristeza, hão-de madrugar à minha procura.»

will be added

X\