Hebreus 1

1Nos tempos antigos, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados pelos profetas. 2Mas agora, que o fim está perto, falou-nos por meio do seu Filho. Foi por meio dele que Deus criou o Universo e a ele destinou como herança todas as coisas. 3Ele é o reflexo da glória de Deus e a imagem perfeita da sua pessoa. É ele quem sustenta o Universo pela sua palavra poderosa. Depois de ter purificado os homens dos seus pecados, ele tomou o seu lugar no trono celeste à direita da majestade divina. 4O Filho tornou-se superior aos anjos, porque herdou do Pai um nome que é superior ao deles. 5Realmente, Deus nunca disse a nenhum anjo: Tu és meu filho, desde hoje sou teu pai. E mais: Eu serei seu pai e ele será meu filho. 6E na altura de enviar o seu único Filho ao mundo, Deus disse: Todos os anjos de Deus o devem adorar. 7Ora, a respeito dos anjos, também diz: Faz dos seus anjos ventos e dos seus servidores chamas de fogo. 8Mas a respeito do Filho diz: Tu és Deus e o teu trono dura para sempre: Governas o teu reino com justiça, pois a justiça é o teu ceptro. 9Amas o que é justo e detestas a maldade: Por isso Deus, o teu Deus, te ungiu e coroou festivamente colocando-te acima dos teus companheiros. 10E ainda: Foste tu, Senhor, que no princípio criaste a Terra e os Céus são obra das tuas mãos. 11Eles hão-de acabar, mas tu permaneces. Eles hão-de envelhecer como o vestuário; 12tu os dobrarás como uma capa e hás-de pô-los de lado como quem muda de roupa. Mas tu és sempre o mesmo: O passar dos anos não te envelhece. 13Deus nunca disse a nenhum anjo: Senta-te à minha direita até que eu faça dos teus inimigos um estrado para os teus pés. 14Quem são, pois, os anjos? Não são todos eles espíritos ao serviço de Deus, enviados em auxílio daqueles que hão-de receber a salvação como herança?

will be added

X\