Habacuc 1

1Mensagem revelada por Deus ao profeta Habacuc: 2Quanto tempo mais SENHOR, tenho de clamar por ti sem que me escutes, até quando denunciarei diante de ti a violência, sem me vires libertar? 3Por que me fazes ver tanta maldade e encontrar tanta injustiça? De facto só vejo diante de mim opressão e violência, lutas e desordens. 4Não se cumpre a lei, nem se respeita o direito. O mau persegue o bom e a justiça é falsificada. 5Olhem para as nações vizinhas e ficarão espantados com o que vêem. Vou mostrar-vos coisas que nem acreditariam, se alguém vo-las contasse. 6Irei pôr em pé de guerra os caldeus, que são um povo cruel e pronto para percorrer o vasto mundo, conquistando terras que lhes não pertencem. 7Eles espalham o medo e o terror. Eles mesmos é que decidem o que é a justiça e a honra. 8Os seus cavalos são mais ligeiros que os leopardos, são mais esfomeados que os lobos do deserto. Os seus cavaleiros vêm de longe como águias que se lançam, de asas abertas, sobre a vítima. 9Todos se entregam à rapina cobiçando tudo o que aparece à sua frente. Os prisioneiros que apanham são tantos como a areia. 10Desprezam os reis, fazem troça dos governadores e riem-se das fortalezas, pois levantam rampas de acesso e conquistam-nas. 11Como o vento, eles mudam de rumo, cometem o erro de apenas reconhecer como deus a sua própria força. 12Porém tu existes desde sempre, ó SENHOR! És o meu Deus santo; não morreremos. Ó SENHOR, meu rochedo, que escolheste os caldeus para exercerem justiça e como aviso os estabeleceste. 13Os teus olhos são tão puros que não podem consentir o mal nem ter gosto em observar a iniquidade. Por que ficas então em silêncio ao veres os maus a destruírem aqueles que são inocentes? 14Por que tratas os homens como os peixes do mar ou como os bichos que não têm dono? 15Os caldeus apoderam-se das outras nações como o pescador se apodera do peixe que apanha com o anzol e com a rede. E sentem nisso enorme alegria. 16Por isso, adoram as suas próprias redes e queimam perfumes em sua honra, pois é com elas que recolhem comida saborosa e abundante. 17Continuarão eles a pescar com as suas redes e a massacrar sem compaixão as outras nações?

will be added

X\