Génesis 48

1Algum tempo depois foram anunciar a José que o seu pai estava mal. Então ele foi ter com o pai e levou os seus dois filhos, Efraim e Manassés. 2Alguém foi anunciar a Jacob: «Vem aí o teu filho José.» Ele fez então um esforço, conseguiu sentar-se na cama 3e disse a José: «O Deus supremo apareceu-me em Luz, na terra de Canaã, e abençoou-me, 4dizendo: “Eu vou fazer com que a tua família cresça e se torne muito numerosa, de modo que de ti surgirão muitas nações, e vou dar esta terra aos teus descendentes, como propriedade deles, para sempre.” 5Por isso, os teus dois filhos que te nasceram na terra do Egipto, antes de eu vir ter contigo, também são meus filhos. Efraim e Manassés são meus tal como Rúben ou Simeão. 6A restante família que tiveres depois deles é tua; mas por serem irmãos de Efraim e Manassés receberão também parte da herança que toca aos seus irmãos. 7Quando eu voltava da Mesopotâmia, morreu a minha esposa Raquel, já na terra de Canaã, a pouca distância de Efrata. Eu sepultei-a ali mesmo, junto ao caminho para Efrata, isto é, Belém.» 8Reparando nos filhos de José, Israel perguntou: «Quem são estes?» 9José respondeu ao seu pai: «Estes são os filhos que Deus me deu aqui.» Jacob disse: «Traz-mos cá para eu os abençoar.» 10Com a velhice, a vista de Jacob tinha enfraquecido e já não conseguia ver bem. José levou os filhos junto de Jacob e ele beijou-os e abraçou-os. 11Depois disse a José: «Eu já não esperava voltar a ver-te e Deus fez com que eu pudesse ver até os teus filhos.» 12José tirou os filhos de entre os joelhos de Jacob e inclinou-se diante dele, com o rosto por terra. 13Depois José pegou na mão direita de Efraim e na esquerda de Manassés e levou-os para junto de Jacob, ficando assim Efraim à esquerda e Manassés à direita do avô. 14Jacob cruzou as mãos, estendeu a mão direita e colocou-a sobre a cabeça de Efraim, que era o mais novo, e colocou a mão esquerda sobre a cabeça de Manassés, que era o mais velho. 15E abençoou a família de José com estas palavras: «Que o Deus a quem obedeceram os meus antepassados, Abraão e Isaac, que o Deus que me guiou desde sempre e até agora, 16aquele cujo mensageiro veio livrar-me de todos os males, abençoe estes jovens. Que eles continuem a usar o meu nome e o nome dos meus antepassados, Abraão e Isaac. E eles tenham muitos descendentes até encherem a terra.» 17José viu que o seu pai tinha posto a mão direita sobre a cabeça de Efraim e ficou descontente. Quis ajudar o pai a tirar a mão da cabeça de Efraim, para a colocar sobre a cabeça de Manassés, 18e disse ao pai: «Não é assim, meu pai. Este é que é o mais velho. Põe a tua mão direita sobre a sua cabeça.» 19Mas o pai não aceitou e respondeu: «Eu bem sei, meu filho! E também Manassés há-de vir a ser um grande povo e há-de tornar-se muito poderoso. Mas o seu irmão mais novo há-de ser maior do que ele e os seus descendentes serão suficientes para formar várias nações.» 20Jacob abençoou-os naquela altura, com estas palavras: «Os israelitas hão-de usar o vosso nome para abençoarem alguém e dirão assim: “Que Deus te faça tão grande como Efraim e Manassés.”» E assim colocou Efraim à frente de Manassés. 21Depois Israel disse a José: «Sabes bem que eu vou morrer. Mas Deus estará do vosso lado e fará com que voltem um dia para a terra dos vossos antepassados. 22E a ti, eu dou-te Siquém, uma porção maior que a dos teus irmãos, que conquistei aos amorreus, combatendo com a minha espada e o meu arco.»

will be added

X\