Génesis 2

1Assim ficaram completos o céu e a terra, com tudo aquilo que contêm. 2No sétimo dia, Deus tinha completado a sua obra e nesse sétimo dia Deus descansou dos trabalhos que tinha vindo a fazer. 3Deus abençoou o sétimo dia e fez dele um dia sagrado, pois foi o dia em que ele descansou de todo o trabalho de criação que tinha feito. 4É esta a história da criação do céu e da terra. Quando o SENHOR Deus fez a terra e o céu, 5ainda não havia plantas na terra nem tinha brotado a erva. É que o SENHOR Deus não tinha feito cair a chuva sobre a terra nem existia nenhum ser humano para trabalhar nela, 6mas uma corrente de água começava a brotar da terra e regava os campos. 7O SENHOR Deus modelou o homem com barro da terra. Soprou-lhe nas narinas e deu-lhe respiração e vida. E o homem tornou-se um ser vivo. 8O SENHOR Deus preparou um jardim em Éden, lá para o oriente, e colocou nele o homem que tinha modelado. 9Da terra, fez nascer toda a espécie de árvores que eram agradáveis à vista e davam bons frutos para comer. No meio do jardim estava a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal. 10Em Éden nasce um rio que rega o jardim e depois se divide em quatro rios diferentes. 11O nome do primeiro é o Pichon, que rodeia a terra de Havilá, onde há muito ouro. 12O ouro daquela terra é muito bom e há lá também âmbar e lápis-lazúli. 13O segundo rio chama-se Guion, que rodeia toda a terra de Cuche. 14O terceiro rio chama-se Hidéquel, que passa na zona oriental da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates. 15O SENHOR Deus colocou o homem no jardim do Éden, para nele trabalhar e para o guardar. 16E deu-lhe estas ordens: «Podes comer do fruto de qualquer árvore, menos do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. 17Deste não podes comer de maneira nenhuma. No dia em que dele comeres, ficas condenado a morrer.» 18O SENHOR Deus disse ainda: «Não é bom que o homem fique sozinho. Vou-lhe arranjar uma companhia apropriada.» 19E o SENHOR Deus modelou também de terra muitas espécies de animais selvagens e de aves e apresentou-os ao homem, para ver que nome ele lhes dava. O nome que ele dava a cada um desses seres vivos é o nome com que ficaram. 20O homem deu nome a todos os animais domésticos, às aves e aos animais selvagens, mas nenhum era a companhia apropriada para ele. 21O SENHOR Deus fez com que o homem adormecesse e dormisse um sono muito profundo. Durante o sono, tirou-lhe uma das costelas e fez crescer de novo a carne naquele lugar. 22Da costela que tinha tirado do homem, o SENHOR Deus fez a mulher e apresentou-a ao homem. 23Este declarou: «Desta vez, aqui está alguém feito dos meus próprios ossos e da minha própria carne. Vai chamar-se mulher; porque foi formada do homem.» 24Por isso, o homem deixa a casa do pai e da mãe para se unir com a sua mulher e ficam a ser um só corpo. 25Tanto o homem como a mulher andavam nus, sem sentirem nenhuma vergonha por isso.

will be added

X\