Génesis 17

1Quando Abrão tinha noventa e nove anos de idade, o SENHOR apareceu-lhe e disse-lhe: «Eu sou o Deus supremo; cumpre a minha vontade com rectidão. 2Eu vou estabelecer uma aliança contigo, vou dar-te uma descendência muito numerosa.» 3Abrão inclinou-se profundamente e o SENHOR continuou a falar com ele: 4«Em virtude da aliança que faço contigo, vais tornar-te pai de uma imensidão de povos. 5O teu nome não será Abrão, mas sim Abraão, porque vou fazer com que sejas pai de uma imensidão de povos. 6Vou dar-te uma enorme descendência; de ti hão-de surgir vários povos e haverá reis entre os teus descendentes. 7Hei-de manter firme a minha aliança contigo e com os teus futuros descendentes, como uma aliança eterna. Serei o teu Deus e o Deus dos teus descendentes. 8Vou dar-te a ti e a eles em propriedade, para sempre, a terra onde agora vives como estrangeiro, toda a terra de Canaã. E serei realmente Deus para eles.» 9Deus acrescentou ainda: «Mas tu, Abraão, deves também ser fiel à minha aliança, tu e os teus descendentes, para sempre. 10E a obrigação da aliança entre mim e ti e todos os teus descendentes é esta: devem fazer a circuncisão a todos os vossos homens. 11A carne do prepúcio será circuncidada e a circuncisão será o sinal da aliança entre mim e vós. 12Aos oito dias de idade, façam a circuncisão a todos os descendentes do sexo masculino, quer sejam filhos da família, quer sejam escravos adquiridos por dinheiro e descendam doutras raças diferentes da vossa. 13Tanto os nascidos em tua casa, como os que foram adquiridos por dinheiro têm de ser circuncidados. Este será para sempre o sinal da minha aliança no vosso corpo. 14E aquele que não tiver sido circuncidado deve ser eliminado do vosso povo, por não ter respeitado a minha aliança.» 15Deus disse a Abraão: «A tua mulher já não continuará a chamar-se Sarai, mas Sara. 16Hei-de abençoá-la e farei com que ela tenha um filho teu. Ainda há-de ser mãe de muitos povos e há-de haver reis entre os seus descendentes.» 17Abraão inclinou-se e sorriu, pensando no seu íntimo: «Será que pode nascer um filho de um pai de cem anos? Será que Sara vai mesmo ter um filho aos noventa anos?» 18Então Abraão exclamou: «Oxalá tu conserves a vida a Ismael!» 19Mas Deus disse: «Sim, mas também a tua mulher Sara vai ter um filho teu e tu hás-de dar-lhe o nome de Isaac. Eu hei-de fazer aliança com ele e com os seus descendentes para sempre. 20Também quero responder ao teu pedido a favor de Ismael. Hei-de abençoá-lo e dar-lhe uma descendência muito numerosa. Será pai de doze chefes e os seus descendentes formarão um grande povo. 21Mas a minha aliança será feita a favor de Isaac, o filho que Sara te vai dar, no próximo ano, por esta altura.» 22Depois de ter falado com Abraão, Deus afastou-se de junto dele. 23Naquele mesmo dia, cumprindo as ordens que recebera do SENHOR, Abraão fez a circuncisão a todos os homens que se encontravam em sua casa, ao seu filho Ismael e a todos os nascidos em sua casa, bem como a todos os escravos que tinha adquirido por dinheiro. 24Abraão tinha noventa e nove anos de idade 25e Ismael tinha treze anos quando foram circuncidados. 26Naquele mesmo dia, receberam a circuncisão Abraão e o seu filho Ismael 27e ainda os restantes homens da casa de Abraão, tanto os nascidos em sua casa como os escravos estrangeiros que tinham sido adquiridos por dinheiro. Todos receberam como ele a circuncisão.

will be added

X\