Gálatas 5

1Cristo libertou-nos para sermos realmente livres. Portanto, permaneçam firmes e não voltem mais a ser escravos. 2Eu, Paulo, digo-vos que se recebem a circuncisão, Cristo não vos servirá de nada. 3Volto de novo a dizer a todo o homem que se circuncida que está obrigado a cumprir tudo o que manda a lei. 4Todos os que pretendem ser justificados por cumprirem a lei, separaram-se de Cristo e afastaram-se da graça de Deus. 5Quanto a nós, pela fé e pelo poder do Espírito, esperamos o dia em que Deus nos justificará. 6Se estamos unidos a Cristo Jesus, não importa se alguma vez recebemos a circuncisão ou não. O que importa é a fé que se realiza por meio do amor. 7Andavam no bom caminho. Quem fez com que deixassem de seguir a verdade? 8O Deus que vos chamou não foi quem vos induziu a isso. 9Um pouco de fermento faz levedar toda a massa! 10Eu, porém, tenho confiança no Senhor de que vão concordar comigo. Pois Deus castigará quem vos desorienta, seja ele quem for. 11Quanto a mim, meus irmãos, se acham que ainda prego a circuncisão, por que sou perseguido? Se eu pregasse a circuncisão, então a mensagem da morte de Cristo na cruz já não causaria escândalo. 12Aqueles que vos andam a desorientar com a circuncisão seria melhor que se castrassem. 13Meus irmãos, foram chamados para a liberdade. Que essa liberdade não seja uma desculpa para seguirem os vossos maus instintos. Pelo contrário, ponham-se ao serviço uns aos dos outros, praticando o amor de Cristo. 14De facto, toda a lei de Deus se resume num só mandamento: Ama o teu próximo como a ti mesmo. 15Mas tenham cuidado! Se andam a morder-se e a devorar-se uns aos outros, acabarão por destruir-se. 16Digo-vos pois: vivam segundo o Espírito de Deus e não sigam os maus instintos. 17É que esses instintos são contrários ao Espírito, e o Espírito é contra tais instintos. 18Se se deixarem orientar pelo Espírito, então já não estão sujeitos à lei. 19São bem conhecidas as obras dos maus instintos: desregramentos sensuais, imoralidades, libertinagem, 20idolatria, superstição, inimizades, intrigas, ciúmes, iras, rivalidades, discórdias, divisões, 21invejas, embriaguez, abusos na comida e outras coisas semelhantes. Previno-vos, como já o fiz de outras vezes, de que os que fazem tais coisas não herdarão o reino de Deus. 22O Espírito, pelo contrário, produz amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, 23modéstia, auto-domínio. E contra estas coisas não há lei. 24Os que pertencem a Cristo já se crucificaram a si mesmos com as suas paixões e maus desejos. 25Ora se vivemos por meio do Espírito, devemos deixar-nos guiar por ele. 26Não sejamos orgulhosos, não nos irritemos uns aos outros, nem haja invejas entre nós.

will be added

X\