Esdras 1

1No primeiro ano em que Ciro reinou na Pérsia, o SENHOR cumpriu o que tinha anunciado pela boca do profeta Jeremias. Inspirou Ciro a publicar um decreto que foi dado a conhecer de viva voz e por escrito em toda a parte do seu império. 2Dizia o seguinte: «Ciro, rei da Pérsia, declara: “O SENHOR, Deus do céu, deu-me todos os reinos da terra e encarregou-me de lhe reconstruir o templo em Jerusalém, cidade situada na Judeia. 3Que Deus esteja com todos os meus súbditos que pertencem ao seu povo e que adoram este Deus! Que voltem a Jerusalém para lá reconstruírem o templo do SENHOR, Deus de Israel, o Deus que ali é adorado. 4E todos os judeus do meu reino que quiserem regressar, devem ser ajudados pelos habitantes das localidades onde se encontram com prata, ouro, gado e tudo o mais que for preciso e bem assim com ofertas voluntárias para o templo de Deus, em Jerusalém.”» 5Os chefes de família de Judá e de Benjamim, os sacerdotes e os levitas e todos aqueles a quem Deus tocou no coração prepararam-se para irem reconstruir o templo do SENHOR, em Jerusalém. 6E todos os seus vizinhos os ajudaram com prata, ouro, bens diversos, gado e objectos de valor, além de outras ofertas voluntárias. 7O próprio rei Ciro mandou-lhes entregar os objectos sagrados do templo do SENHOR, que Nabucodonosor havia levado de Jerusalém e tinha colocado no templo dos seus deuses. 8E mandou-os entregar por meio de Mitrídates, o tesoureiro que, após ter feito a contagem de tudo, os confiou a Sesbaçar, príncipe de Judá. 9O número desses objectos foi o seguinte: trinta salvas de ouro, mil salvas de prata, vinte e nove facas, 10trinta taças de ouro, quatrocentas e dez taças de prata de menor qualidade e mil outros objectos não especificados. 11Ao todo, os objectos de ouro e prata foram cinco mil e quatrocentos. Sesbaçar levou tudo isso quando saiu da Babilónia e regressou a Jerusalém, acompanhado de outros exilados.

will be added

X\