Êxodo 8

1O SENHOR disse ainda a Moisés: «Diz a Aarão que estenda a sua vara sobre os rios, os canais e as lagoas, para que as rãs saiam das águas e cubram a terra do Egipto.» 2Aarão estendeu a mão sobre as águas do Egipto e delas saíram rãs que cobriram o país. 3Mas os magos fizeram o mesmo com as suas artes mágicas e também fizeram aparecer rãs por todo o Egipto. 4Então o faraó mandou chamar Moisés e Aarão e disse-lhes: «Peçam ao SENHOR que afaste as rãs de mim e do meu povo e eu deixarei que o vosso povo vá oferecer sacrifícios ao SENHOR.» 5Moisés respondeu ao faraó: «Diz-me, por favor, quando queres que eu rogue por ti, pelos teus servidores e pelo teu povo, para que o SENHOR afaste as rãs de ti e das vossas casas, de modo a ficarem apenas no Nilo.» 6E o faraó disse: «Amanhã.» Moisés disse-lhe então: «Será como desejas, para que saibas que não há ninguém como o SENHOR, nosso Deus. 7As rãs afastar-se-ão de ti, do teu palácio, dos teus servidores e do teu povo. Ficarão apenas no Nilo.» 8Depois Moisés e Aarão saíram do palácio do rei e Moisés pediu ao SENHOR que afastasse as rãs que tinha enviado contra o faraó. 9O SENHOR fez o que Moisés lhe pediu e as rãs que estavam nas casas, nas praças e nos campos morreram. 10As pessoas apanhavam as rãs mortas e amontoavam-nas; por toda a parte cheirava mal. 11Mas o faraó, ao ver-se livre das rãs, voltou a opor-se e a não fazer caso de Moisés e Aarão, tal como o SENHOR tinha previsto. 12O SENHOR disse a Moisés: «Diz a Aarão que bata com a vara no pó da terra, para que se transforme em mosquitos em todo o Egipto.» 13Eles assim fizeram: Aarão bateu com a vara no pó da terra e caíram mosquitos sobre os homens e sobre os animais. Todo o pó se transformou em mosquitos por todo o Egipto. 14Os magos tentaram fazer aparecer mosquitos com as suas artes mágicas, mas não conseguiram. Os mosquitos continuavam a atacar os homens e os animais. 15Então os magos disseram ao faraó: «Isto é coisa de Deus!» Mas o faraó continuou teimoso e não fez caso, tal como o SENHOR tinha previsto. 16O SENHOR disse a Moisés: «Levanta-te de manhã cedo e apresenta-te ao faraó, quando ele for ao rio, e diz-lhe que o SENHOR lhe manda dizer: “Deixa sair o meu povo para que me preste culto. 17Porque se não deixares, castigar-te-ei com moscas venenosas que te atacarão a ti, aos teus servidores, ao teu povo e às tuas casas. As casas dos egípcios ficarão cheias de moscas venenosas, assim como a terra onde eles habitam. 18Mas nesse dia excluirei a terra de Góchen, onde reside o meu povo. Lá não haverá moscas venenosas. Assim saberás que eu, o SENHOR, estou neste país. 19O meu povo ficará livre delas, mas o teu não. É amanhã que este prodígio se realizará.”» 20E o SENHOR assim fez. Uma espessa nuvem de moscas venenosas invadiu o palácio do faraó, as casas dos seus servidores e todo o território egípcio. As moscas deixaram o país completamente arruinado. 21Então o faraó mandou chamar Moisés e Aarão e disse-lhes: «Vão oferecer sacrifícios ao vosso Deus, mas sem saírem do país.» 22Moisés respondeu: «Não conviria que fizessemos assim, porque os egípcios têm horror aos sacrifícios que oferecemos ao SENHOR, nosso Deus. Se eles nos vissem oferecer esses sacrifícios, estou certo que nos apedrejariam até à morte. 23Temos de ir ao deserto, a três dias de caminho, para ali oferecermos sacrifícios ao SENHOR, nosso Deus, tal como ele nos ordenou.» 24O faraó disse então: «Consinto em deixar-vos ir ao deserto oferecer sacrifícios ao SENHOR, vosso Deus; mas não se afastem demasiado. E peçam também por mim.» 25Moisés respondeu: «Logo que sair daqui, pedirei ao SENHOR, para que amanhã as moscas venenosas se afastem de ti, dos teus servidores e do teu povo. Mas que o faraó não continue a enganar-nos, recusando-se a deixar ir este povo para oferecer sacrifícios ao SENHOR.» 26Quando Moisés saiu do palácio do faraó orou ao SENHOR 27e o SENHOR fez o que Moisés lhe pediu. As moscas venenosas afastaram-se do faraó, dos seus servidores e do seu povo; não ficou nem uma. 28Mas o faraó, ainda desta vez, resolveu opor-se e não deixou sair os israelitas.

will be added

X\