Êxodo 3

1Um dia em que Moisés apascentava o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Madiã, levou o gado através do deserto, até chegar ao Horeb, o monte de Deus. 2Ali apareceu-lhe o SENHOR numa labareda de fogo, no meio duma sarça. Moisés viu que a sarça estava a arder sem se consumir. 3Disse então para consigo: «Vou aproximar-me, para ver melhor este espectáculo impressionante duma sarça a arder sem se queimar.» 4Quando o SENHOR viu que Moisés se aproximava para observar, chamou-o do meio da sarça: «Moisés! Moisés!» E ele respondeu: «Aqui estou.» 5Deus disse-lhe: «Não te aproximes e descalça-te, porque o lugar onde estás é terra sagrada.» 6E acrescentou: «Eu sou o Deus do teu pai, o Deus de Abraão, Isaac e Jacob.» Moisés desviou o olhar porque teve medo de olhar para Deus. 7O SENHOR, porém, continuou: «Tenho visto como sofre o meu povo que está no Egipto. Ouvi-os queixarem-se dos seus opressores e sei bem o que eles sofrem. 8Por isso, estou decidido a ir libertá-lo do poder dos egípcios e tirá-lo dessa terra, para o levar para uma terra grande e boa, onde o leite e o mel correm como água. É a terra onde vivem os cananeus, os hititas, os amorreus, os perizeus, os heveus e os jebuseus. 9Ora eu ouvi as queixas dos filhos de Israel e vi também como os egípcios os maltratam. 10Portanto vai, que eu te envio ao faraó, para tirares do Egipto o meu povo, os filhos de Israel.» 11Então Moisés disse a Deus: «Quem sou eu, para me apresentar diante do faraó e tirar do Egipto os filhos de Israel?» 12Deus respondeu: «Eu estarei contigo. E o sinal de que sou eu quem te envia é este: quando tiveres tirado o meu povo do Egipto, todos adorarão a Deus neste monte.» 13Porém Moisés respondeu: «Mas olha que, quando eu disser aos israelitas que o Deus dos seus antepassados me enviou para junto deles, eles vão perguntar-me como é que ele se chama. Que é que eu lhes digo?» 14Deus disse então a Moisés: «EU SOU AQUELE QUE É. E dirás também aos israelitas: “AQUELE QUE É foi quem me enviou a vós.”» 15Deus disse ainda a Moisés: «Dirás isto aos filhos de Israel: “O SENHOR, o Deus dos vossos antepassados, o Deus de Abraão, Isaac e Jacob, foi quem me enviou para vos falar.” Este é o meu nome para todo o sempre. Por ele serei lembrado de geração em geração. 16Vai e reúne os anciãos de Israel e diz-lhes: “O SENHOR, o Deus dos vossos antepassados, o Deus de Abraão, Isaac e Jacob, apareceu-me e disse-me que tinha vindo para vos ajudar, porque viu como os egípcios vos têm tratado. 17Disse-me também que vos vai livrar de tudo o que têm sofrido no Egipto e que vos vai conduzir à terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos perizeus, dos heveus e dos jebuseus, uma terra onde o leite e o mel correm como água.” 18Eles escutarão a tua voz. Irás então com os anciãos de Israel à presença do rei do Egipto e dir-lhe-ás: “O SENHOR, o Deus dos hebreus, veio ao nosso encontro. Portanto, deixa-nos ir ao deserto, a uma distância de três dias de caminho, para oferecermos sacrifícios ao Senhor, nosso Deus.” 19Eu sei muito bem que o rei do Egipto não vos deixará sair, a não ser pela força. 20Mas eu usarei o meu poder e castigarei o Egipto com prodígios terríveis, que realizarei nesse país. Depois disso, o faraó há-de deixar-vos sair. 21Além disso, farei com que este povo consiga os favores dos egípcios, de modo que quando saírem não irão de mãos vazias. 22Cada mulher pedirá à sua vizinha, ou à dona da casa em que residir, objectos de prata e de ouro e vestuário, e com tudo isso vestirão os vossos filhos e filhas, despojando o Egipto dos seus tesouros.»

will be added

X\