Êxodo 29

1«Para consagrares os sacerdotes ao meu serviço, deves proceder da seguinte maneira: separarás um novilho e dois carneiros sem defeito; 2com a melhor farinha de trigo, faz pães e tortas sem fermento, amassados com azeite, e filhós sem fermento, untadas de azeite; 3coloca-os num cesto, para serem levados ao santuário, ao mesmo tempo que o novilho e os dois carneiros. 4Manda avançar Aarão e os filhos até à entrada da tenda de encontro. Diz-lhes que se lavem 5e depois pega nas vestes sacerdotais e reveste Aarão com a túnica, o manto e a insígnia de oráculo e segura o peitoral com o cinto da mesma insígnia. 6Põe-lhe o turbante na cabeça e sobre o turbante coloca a placa de ouro que o consagrará como sacerdote. 7Pega depois no óleo de consagração e derrama-o sobre a cabeça de Aarão, ungindo-o como sacerdote. 8Manda aproximar os seus filhos, para os revestires com as túnicas. 9Põe os cintos a Aarão e aos seus filhos e coloca-lhes os turbantes. Deste modo lhes darás plena autoridade e o sacerdócio lhes pertencerá por direito perpétuo. 10Leva depois o novilho para diante da tenda do encontro. Aarão e os seus filhos imporão as mãos sobre a cabeça do novilho 11e ali, na presença do SENHOR, à entrada da tenda do encontro, matarás o novilho. 12Molhando o dedo no sangue do novilho, ungirás os cantos salientes do altar e derramarás todo o sangue na base do altar. 13Tirarás a gordura que cobre os intestinos e a membrana do fígado e os rins com a gordura que os envolve e queimarás tudo sobre o altar. 14Mas a carne, a pele e o excremento do novilho deverás queimá-los fora do acampamento. É um sacrifício para perdão do pecado. 15Leva um dos carneiros e manda Aarão e os seus filhos impor-lhe as mãos sobre a cabeça. 16Depois mata o carneiro e espalha o seu sangue à volta do altar. 17Em seguida, esquarteja o carneiro, lava os seus intestinos e as suas pernas, pondo tudo junto dos pedaços e da cabeça, 18e queima todo o carneiro sobre o altar, fazendo assim um holocausto ao SENHOR, um sacrifício consumido em sua honra e que é do seu agrado. 19Leva depois o outro carneiro a Aarão e aos seus filhos, para que imponham as mãos sobre a sua cabeça. 20Mata esse carneiro e põe um pouco do seu sangue no lóbulo da orelha direita, no polegar da mão direita e no polegar do pé direito de Aarão e dos seus filhos. Em seguida, derrama o resto do sangue à volta do altar. 21Do sangue que ficar no altar e do óleo de consagração espalharás um pouco sobre Aarão e sobre os seus filhos e sobre as vestes de todos eles. Assim ficarão consagrados Aarão e os seus filhos e as respectivas vestes. 22Depois tira a gordura do carneiro, a cauda, a gordura que envolve os intestinos, a membrana do fígado, os rins e a gordura que os envolve e a coxa direita, porque é para uma cerimónia de consagração. 23Do cesto que contém os pães sem fermento tira um dos pães, uma torta e uma filhó. 24Coloca todas essas coisas nas mãos de Aarão e dos seus filhos, para que cumpram o ritual de apresentação ao SENHOR. 25Depois retira das suas mãos todas as coisas e queima-as no altar, a seguir ao holocausto. Este é um sacrifício em honra do SENHOR, que será do seu agrado. 26Para a consagração de Aarão, deves celebrar o ritual de apresentação ao SENHOR com o peito do carneiro. E esta porção pertence-te a ti. 27Consagrarás assim o peito, que apresentaste como oferta especial nesse rito ao SENHOR, e a coxa que ofereceste como tributo, pois é essa a porção do carneiro de consagração reservada para Aarão e seus filhos. 28Essa parte pertence, portanto, a Aarão e aos seus filhos, como direito perpétuo entre os israelitas. Esta oferta será um tributo oferecido pelos filhos de Israel, como sacrifício de reconciliação em honra do Senhor. 29As vestes sagradas de Aarão serão herança dos seus descendentes, quando forem consagrados e receberem plena autoridade como sacerdotes. 30O sacerdote descendente de Aarão, que ocupar o seu lugar e que entrar na tenda do encontro para exercer as suas funções no santuário, deverá levar postas essas vestes durante sete dias. 31Deves cozer a carne do cordeiro de consagração num lugar santo. 32Aarão e os seus descendentes comerão a carne do carneiro e o pão que está no cesto, à entrada da tenda do encontro. 33Comerão isso, que foi oferecido para obter o perdão dos seus pecados, quando foram consagrados e receberam plena autoridade como sacerdotes. Mas nenhum estranho deve comer destas coisas, porque são sagradas. 34E se ficar para o dia seguinte carne e pão da consagração, deves queimar tudo o que sobejar; ninguém o comerá, porque está santificado. 35Relativamente a Aarão e aos seus filhos, deves proceder como te ordenei. Dedica sete dias à cerimónia de consagração 36e oferece diariamente um novilho em sacrifício, para obter o perdão dos pecados. Purifica o altar, oferecendo sobre ele um sacrifício para perdão do pecado e derrama óleo sobre o altar, para o consagrares. 37Durante sete dias, purifica o altar e consagra-o a Deus, oferecendo sacrifícios para perdão do pecado. O altar será santíssimo e tudo o que nele tocar será sagrado.» 38«Todos os dias, deves oferecer sobre o altar, dois cordeiros de um ano. 39Um deles será oferecido pela manhã e o outro ao entardecer. 40Com o primeiro cordeiro oferecerás dois quilos da melhor farinha, misturada com um litro de azeite de oliveira, e derramarás como oferenda um litro de vinho. 41Ao entardecer, oferecerás o segundo cordeiro, acompanhado de uma oferta de farinha e de vinho como de manhã, ofertas que serão queimadas em honra do SENHOR e que serão do seu agrado. 42Isto é um holocausto diário, oferecido de geração em geração, na minha presença, à entrada da tenda do encontro, que é onde me encontrarei convosco, para vos falar. 43Ali me encontrarei com os israelitas e o lugar ficará consagrado com a minha presença. 44Consagrarei a tenda do encontro e o altar e consagrarei Aarão e os seus filhos como meus sacerdotes. 45Habitarei no meio dos israelitas e serei o seu Deus. 46Eles verão que eu sou o SENHOR, seu Deus, que os tirou do Egipto, para habitar no meio deles. Eu sou o SENHOR, seu Deus.»

will be added

X\