Deuteronómio 7

1«O SENHOR, teu Deus, vai-te conduzir à terra para onde te diriges, a fim de tomares posse dela. Ele vai expulsar muitos povos: os hititas, os guirgaseus, os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus e os jebuseus. São sete povos maiores e mais fortes do que tu. 2O SENHOR, teu Deus, vai colocá-los nas tuas mãos. Vais derrotá-los e destruí-los completamente. Não faças aliança com eles nem tenhas pena deles. 3Não faças casamentos com eles, nem tu, nem os teus filhos nem as tuas filhas. 4Pois, dessa forma, os teus filhos deixariam de me seguir e prestariam culto a outros deuses. O SENHOR ficaria indignado contra vós e depressa vos faria desaparecer. 5O que devem fazer é destruir os seus altares, quebrar os seus monumentos religiosos, arrancar os seus postes sagrados e queimar as imagens dos falsos deuses. 6Tu és um povo consagrado ao SENHOR, teu Deus. O SENHOR, teu Deus, escolheu-te para seres o seu povo particular, dentre todos os povos que existem no mundo.» 7«O SENHOR interessou-se por vós e escolheu-vos, não por serem um povo maior do que os outros, pois, de facto, são um povo bem pequeno no meio dos demais. 8Mas foi por amor, e para ser fiel ao juramento que fez aos vossos antepassados que o SENHOR vos libertou com enorme poder, e vos arrancou da terra da escravidão, das mãos do faraó, rei do Egipto. 9Fica sabendo que só o SENHOR, teu Deus, é verdadeiramente Deus. Ele é fiel à sua aliança e trata com bondade, durante mil gerações, aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos. 10Mas castiga individualmente os que não o amam, fazendo-os perecer, e não demora em dar o castigo a cada um daqueles. 11Por isso, deves pôr em prática os mandamentos, leis e preceitos que eu hoje te dou.» 12«Se escutares estes decretos e os puseres em prática, o SENHOR, teu Deus, manterá a sua aliança e continuará a tratar-te com bondade, como prometeu aos teus antepassados. 13Há-de mostrar-te o seu amor, abençoando-te e fazendo aumentar o número dos teus filhos e os produtos da tua terra: o teu trigo, o teu vinho, o teu azeite, as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas, na terra que ele prometeu que te haveria de dar, por juramento feito aos teus antepassados. 14Serás mais abençoado do que todos os outros povos: não terás ninguém estéril, nem homem, nem mulher, nem animais. 15O SENHOR afastará de vós todas as doenças, aquelas terríveis pragas do Egipto, que bem conheceram. Ele não as fará cair sobre vós, mas sim sobre os vossos inimigos. 16Mas tens que destruir todos os povos, que o SENHOR, teu Deus, te vai entregar. Não tenhas pena deles, nem prestes culto aos seus deuses, porque isso é uma armadilha para ti. 17Podes estar a pensar contigo mesmo que eles são muito mais fortes do que tu e que não tens força para os desalojar. 18Não tenhas medo deles. Lembra-te do que o SENHOR, teu Deus, fez ao faraó e a todo o Egipto: 19as grandes provações que tu próprio presenciaste, os sinais e prodígios, o poder imenso e a força com que te fez sair de lá. O SENHOR, teu Deus, voltará a fazer o mesmo para com todos os povos, de quem tu agora tens medo. 20Provocará entre eles um terror tão grande que fará desaparecer até mesmo algum que tenha escapado. 21Não tenhas medo deles, porque o SENHOR, teu Deus, está contigo e ele é um Deus poderoso e que se faz temer. 22Pouco a pouco o SENHOR, teu Deus, expulsará esses povos da tua frente. Não podes acabar com eles muito depressa para não atrair os animais ferozes, com perigo para ti mesmo. 23O próprio SENHOR, teu Deus, os colocará à tua disposição, enchendo-os de terror até desaparecerem completamente. 24Ele colocará os seus reis nas tuas mãos e tu farás com que eles nunca mais sejam recordados neste mundo. Ninguém te conseguirá oferecer resistência e vais destruí-los a todos. 25Queima as imagens dos seus deuses, mas não cobices a prata e o ouro que os reveste. Se te apropriares disso, será uma armadilha para ti porque o SENHOR, teu Deus, tem horror a essas coisas. 26Não leves essas imagens abomináveis para casa, pois ficarias condenado à mesma destruição a que estão condenadas tais coisas. Deves ter desprezo e horror por tudo isso, porque são coisas condenadas à destruição.»

will be added

X\