Deuteronómio 16

1«No mês de Abib não deixes de celebrar a festa da Páscoa em honra do SENHOR, teu Deus, pois foi numa noite desse mês que o SENHOR, teu Deus, te tirou do Egipto. 2Como sacrifício de Páscoa, deves oferecer, em honra do SENHOR, cordeiros ou bois no lugar que o SENHOR escolher, para lá fazer o seu santuário. 3Durante sete dias, não deves comer, com a carne desses animais, pão fermentado. Só podes comer pão sem fermento, que é o pão da aflição, pois foi à pressa que tu saíste do Egipto. Dessa maneira, recordarás, enquanto viveres, o dia em que saíste do Egipto. 4Durante aqueles sete dias, o fermento deve desaparecer de todo o país. E da carne que oferecerás em sacrifício, na tarde do primeiro dia, não deve ficar nada para a manhã seguinte. 5Não te é permitido celebrar o sacrifício de Páscoa em qualquer das cidades, que o SENHOR, teu Deus, te vai entregar, 6mas somente no lugar que o SENHOR escolher para lá fazer o seu santuário. Ali é que deves oferecer o sacrifício de Páscoa, à tarde, perto do pôr-do-sol, hora em que saíste do Egipto. 7A carne oferecida deve ser cozida e comida no lugar que o SENHOR, teu Deus, tiver escolhido. No dia seguinte de manhã, já podes pôr-te a caminho para regressar a tua casa. 8Durante seis dias comerás pão sem fermento; no sétimo dia haverá uma reunião de festa em honra do SENHOR, teu Deus, e, nesse dia, não deves trabalhar.» 9«A partir do dia em que começares a fazer a colheita do trigo, conta sete semanas 10e então celebrarás a festa do Pentecostes em honra do SENHOR, teu Deus. Apresentarás ofertas, conforme a produção que o SENHOR, teu Deus, te tiver concedido. 11E celebrarás com alegria a festa diante do SENHOR, teu Deus, no lugar que ele tiver escolhido para lá fazer o seu santuário, juntamente com os teus filhos e filhas e toda a tua família, com os teus escravos e escravas e com os levitas que viverem junto de ti, os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que vivem na tua terra. 12Lembra-te que foste escravo no Egipto. Por isso, deves pôr em prática todas estas leis.» 13«Quando tiveres terminado as colheitas de cereais e as vindimas celebrarás a festa das Tendas, 14e festejarás com alegria as tuas ofertas juntamente com os teus filhos e filhas e os teus escravos e escravas, os levitas, os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que vivem ao teu lado. 15Durante sete dias celebrarás uma festa em honra do SENHOR, teu Deus, no lugar que ele tiver escolhido. Festeja-a com toda a alegria, porque o SENHOR, teu Deus, te abençoa em todas as tuas colheitas e em todos os teus trabalhos. 16Três vezes por ano, todos os teus homens devem apresentar-se diante do SENHOR, teu Deus, no lugar que ele tiver escolhido: na festa da Páscoa, na festa do Pentecostes e na festa das Tendas. Não devem ir de mãos vazias, 17mas cada um deve levar ao SENHOR o que puder, conforme aquilo que o mesmo SENHOR lhe tiver concedido.» 18«Deves nomear juízes e magistrados para todas as cidades, que o SENHOR, teu Deus, vai entregar a cada uma das tuas tribos. Eles deverão administrar a justiça ao povo com imparcialidade. 19Não deixem que a justiça se corrompa, que se faça distinção entre as pessoas ou seja comprada com presentes. Pois os subornos tornam cegos os olhos dos sábios e corrompem a sentença do juiz mais honesto. 20Procura a justiça e só a justiça, para que possas ter longa vida e tomar posse da terra que o SENHOR, teu Deus, te vai dar. 21Não deves plantar árvores para te servirem de poste sagrado ao lado do altar que vais construir em honra do SENHOR, teu Deus. 22Nem levantes monumentos religiosos de pedra, porque isso desagrada profundamente ao SENHOR, teu Deus.»

will be added

X\