Deuteronómio 13

1Tudo aquilo que eu vos ordenei, devem pô-lo em prática, sem acrescentar nem retirar nada.» 2«Se um dia aparecer no vosso meio um profeta ou alguém que tenha visões a anunciar-vos milagres e prodígios, 3para vos convencer a seguir e adorar outros deuses, que não reconheciam antes, ainda que esses milagres e prodígios se venham a realizar, 4não façam caso do que diz esse profeta ou visionário. É o SENHOR, vosso Deus, que vos está a pôr à prova, para saber se realmente o amam com todo o coração e com toda a alma. 5Sigam somente o SENHOR, vosso Deus, e tenham-lhe respeito, cumpram os seus mandamentos e obedeçam às suas ordens, sirvam-no e permaneçam fiéis a ele. 6Quanto a esse profeta ou visionário, que seja condenado à morte, porque aquilo que ele propunha é uma revolta contra o SENHOR, vosso Deus, que vos tirou do Egipto, que vos arrancou da terra da escravidão. O que ele pretendia era desviar-te do caminho que o SENHOR, teu Deus, te mandou seguir. Por isso, deves fazer desaparecer esse perigo do vosso meio.» 7«Pode acontecer que, alguma vez, o teu próprio irmão, ou o teu filho ou filha, ou a tua esposa ou um amigo muito íntimo te queira arrastar e te convide para prestares culto, em segredo, a outros deuses que não reconhecias antes, nem tu nem os teus antepassados. 8Quer se trate de deuses dos povos que estão mais perto de vós, quer doutros povos mais distantes, de qualquer parte do mundo, 9não aceites, nem lhe dês ouvidos. Não tenhas dó nem compaixão dele nem o ajudes a esconder-se. 10Ele terá de morrer. Tu próprio tens de lhe atirar a primeira pedra e o povo continuará depois. 11Será apedrejado até morrer, porque pretendeu afastar-te do SENHOR, teu Deus, que te fez sair do Egipto, da terra da escravidão. 12Todo o povo de Israel tomará conhecimento do caso e ficará cheio de medo e ninguém mais voltará a fazer uma coisa dessas.» 13«Se ouvires dizer que numa das cidades, que o SENHOR, teu Deus, te deu para lá viveres, 14apareceram homens perversos, pertencentes ao teu próprio povo, que andam a desorientar as pessoas, arrastando-as para prestarem culto a outros deuses, que tu não reconhecias antes, 15procura investigar bem o assunto. Se vires que é realmente verdade o rumor que se levantou e que um semelhante horror foi praticado entre vós, 16passa os habitantes dessa cidade a fio de espada e condena-os à destruição, tanto as pessoas como tudo o que nela se encontra, até os animais. 17Amontoa os despojos que lá encontrares no meio da praça e deita o fogo à cidade com tudo o que lá houver. Será uma oferta inteiramente queimada em honra do SENHOR, teu Deus. E essa cidade ficará um montão de ruínas para sempre. Ninguém mais a voltará a edificar. 18Não deves conservar nada daquilo que foi condenado à destruição. Assim o SENHOR deixará de estar irado e há-de tratar-te com bondade e fazer com que te tornes um povo cada vez mais numeroso, tal como prometeu aos teus antepassados. 19Isto acontecerá se obedeceres à palavra do SENHOR, teu Deus, cumprindo todos os seus mandamentos que eu hoje te transmito, fazendo aquilo que o SENHOR, teu Deus, considera justo.»

will be added

X\