Amós 7

1O SENHOR Deus mostrou-me a seguinte visão. Era ele que formava uma nuvem de gafanhotos, no tempo em que a forragem começa a crescer, precisamente depois da forragem reservada ao rei. 2Vi que os gafanhotos devoravam toda a erva da terra. Então exclamei: «SENHOR Deus, tem misericórdia do teu povo! Como pode ele resistir se é tão frágil?» 3Então o SENHOR mudou de ideia e disse: «O que tu vês não acontecerá.» 4O SENHOR Deus mostrou-me depois outra visão. Vi que o SENHOR se preparava para castigar o seu povo com o fogo, e este ia devorar o país inteiro e o grande oceano. 5Então eu disse: «SENHOR Deus, pára! Como pode o teu povo resistir se é tão frágil?» 6Então o SENHOR mudou de ideia e disse: «O que tu vês também não vai acontecer.» 7O SENHOR mostrou-me depois outra visão. Vi o Senhor de pé em cima dum muro, a segurar na mão um fio de prumo. 8O SENHOR disse-me: «O que é que tu vês, Amós?» Respondi: «Um fio de prumo.» O Senhor disse: «Vou testar o meu povo de Israel com o fio de prumo e nunca mais lhe perdoarei. 9Os lugares de culto dos descendentes de Isaac vão ser devastados e os lugares sagrados de Israel vão ser derrubados. E vou levantar a espada contra a dinastia do rei Jeroboão.» 10Amazias, o sacerdote de Betel, mandou dizer ao rei Jeroboão de Israel: «Amós conspira contra ti entre o teu povo. A nação não pode mais tolerar o que ele diz. 11É isto o que ele diz: “Jeroboão vai morrer à espada e o povo de Israel vai ser exilado para longe da sua terra.”» 12Então Amazias disse a Amós: «Vidente! Vai-te embora! Vai para a terra de Judá. Faz lá as tuas pregações, e ganha lá o teu pão! 13Deixa-te de profecias aqui, em Betel, porque este é o santuário do rei e o templo nacional.» 14Amós respondeu: «Eu não sou profeta nem pertenço a nenhum grupo de profetas. Eu guardava vacas, e tratava de figueiras. 15Mas o SENHOR pegou em mim, tirou-me daquele trabalho com os animais e deu-me a seguinte ordem: “Vai profetizar ao meu povo de Israel.”» 16Ouve, pois, agora o que diz o SENHOR: «Tu pedes-me para não profetizar contra Israel e não fazer mais ameaças contra os descendentes de Isaac. 17Pois bem, é o SENHOR quem agora te responde: “A tua mulher vai ser desonrada pelas ruas como uma prostituta e os teus filhos e filhas vão ser mortos à espada. A tua terra vai ser dividida e repartida, e tu próprio vais morrer numa nação pagã. E o povo de Israel vai ser exilado para longe da sua terra.”»

will be added

X\