2 Samuel 5

1Depois disto, todas as tribos de Israel foram ter com David em Hebron e disseram-lhe: «Todos nós somos do mesmo sangue e da mesma família. 2Até nos anos passados, quando Saul era o nosso rei, eras tu quem conduzia o povo de Israel à guerra. Além disso, o SENHOR prometeu-te que, um dia, haverias de governar Israel e ser o chefe do seu povo.» 3Todos os anciãos de Israel foram encontrar-se com o rei David em Hebron e ele concluiu com eles uma aliança em nome do SENHOR. E eles consagraram David como rei de Israel. 4David tinha trinta anos quando subiu ao trono e reinou quarenta anos. 5Em Hebron, foi rei de Judá durante sete anos e meio e, em Jerusalém, durante trinta e três anos, foi rei de todo o Israel e Judá. 6O rei David e os seus homens dirigiram-se a Jerusalém, para a conquistarem aos jebuseus, que habitavam aquela região. Mas os jebuseus, pensando que David nunca seria capaz de lá entrar, disseram-lhe: «Nunca aqui conseguirás entrar! Bastam os cegos e os coxos para defender a fortaleza.» 7Mas David conquistou a fortaleza de Sião, que ficou a chamar-se cidade de David. 8Para a conquistar, David disse aos seus homens: «Quem quiser atacar os jebuseus deve entrar pelo canal da água e matar esses cegos e coxos que eu odeio.» Daqui é que nasceu o ditado: «Nem os cegos nem os coxos podem entrar no templo.» 9Depois David estabeleceu-se na fortaleza e deu-lhe o nome de cidade de David. Construiu muralhas à volta da cidade, desde a terraplenagem até ao lugar do palácio. 10E o poder de David aumentava sempre cada vez mais, porque o SENHOR, o Deus todo-poderoso, estava com ele. 11Por isso, mesmo, Hiram, o rei de Tiro, enviou mensageiros, a David, juntamente com carpinteiros e pedreiros, que levaram consigo madeira de cedro e lhe construíram um palácio. 12Então David compreendeu que o SENHOR o tinha confirmado como rei de Israel e que fazia prosperar o seu reinado em atenção ao seu povo. 13Depois de se ter mudado de Hebron para Jerusalém, David teve ali outras concubinas e mulheres. Delas nasceram-lhe outros filhos e filhas. 14São estes os nomes dos filhos que lhe nasceram em Jerusalém: Chamua, Chobab, Natan, Salomão, 15Jibar, Elisu, Néfeg, Jafia, 16Elisama, Eliadá e Elifelet. 17Quando os filisteus souberam que David tinha sido consagrado rei de Israel, puseram-se em campo para o apanharem; mas David soube disso e refugiou-se na fortaleza. 18Os filisteus chegaram e ocuparam o vale de Refaim. 19Então David consultou o SENHOR, nestes termos: «Devo atacar os filisteus? Vais entregá-los nas minhas mãos?» E o SENHOR respondeu-lhe: «Vai! Ataca-os, que eu te darei a vitória sobre os filisteus.» 20David chegou a Baal-Peracim e derrotou-os. Por isso, disse: «O SENHOR abriu uma brecha nos meus inimigos como as águas num dique!» Por isso, é que aquele lugar é chamado Baal-Peracim. 21Além disso, os filisteus abandonaram lá os seus ídolos, e David e os seus homens tiraram-lhos. 22Mais tarde, os filisteus voltaram ao ataque, ocupando novamente o vale de Refaim. 23David consultou o SENHOR, que lhe respondeu: «Não os ataques de frente, mas pela retaguarda, quando chegares às árvores de bálsamo. 24Quando ouvires um rumor de passos por cima das copas das árvores, lança-te ao ataque, porque isso significa que eu, o SENHOR, vou adiante de ti, para esmagar o exército dos filisteus.» 25David fez como o SENHOR lhe disse e derrotou os filisteus, perseguindo-os desde Gueba até à entrada de Guézer.

will be added

X\