2 Reis 22

1Josias tinha oito anos de idade quando subiu ao trono. Reinou durante trinta e um anos, em Jerusalém. A sua mãe chamava-se Jedida e era filha de Adaías e natural de Bocecat. 2Josias fez o que era recto e agradava ao SENHOR; conduziu-se em tudo como o seu antepassado David, sem nunca se ter desviado dos seus exemplos. 3No décimo oitavo ano do seu reinado, Josias enviou ao templo o seu secretário Chafan, filho de Açalias e neto de Mechulam, e disse-lhe: 4«Vai ter com o sumo sacerdote Hilquias e diz-lhe que mande contar o dinheiro que o povo dá para o templo e que é recolhido pelos sacerdotes que estão a guardar a entrada. 5Que se entregue esse dinheiro aos encarregados das obras do templo, para pagamento dos que trabalham na reparação do edifício, 6carpinteiros, canteiros e pedreiros, e para comprar a madeira e as pedras de cantaria necessárias às reparações. 7Os encarregados das obras são pessoas dignas de confiança, de modo que não há necessidade de lhes pedir contas.» 8Depois de ter recebido a mensagem, o sumo sacerdote informou Chafan de que tinha encontrado no templo o livro da lei e entregou-lho. Chafan leu-o, 9depois foi prestar contas ao rei da missão que lhe tinha confiado e disse-lhe: «Os sacerdotes esvaziaram o cofre do templo e entregaram o dinheiro aos encarregados das obras de reparação no templo do SENHOR.» 10Depois acrescentou: «O sumo sacerdote Hilquias entregou-me este livro.» E leu-o em voz alta para o rei. 11Quando o rei ouviu a leitura do livro da lei, rasgou, consternado, as suas vestes 12e enviou o sumo sacerdote Hilquias, Aicam, filho de Chafan, Acbor, filho de Miqueias, o seu secretário Chafan e Assaías, um dos seus oficiais, com esta ordem: 13«Vão consultar o SENHOR por mim e pelo povo de Judá sobre o conteúdo deste livro que acaba de ser descoberto. A cólera do SENHOR contra nós deve ser muito grande, porque os nossos antepassados não obedeceram às ordens que aqui estão escritas.» 14O sumo sacerdote Hilquias, Aicam, Acbor, Chafan e Assaías foram ter com a profetisa Hulda, que vivia na parte nova de Jerusalém. O marido chamava-se Salum; era filho de Ticvá e neto de Haras e era encarregado do guarda-roupa do templo. Contaram-lhe o que tinha acontecido 15e ela deu-lhes esta resposta para eles levarem ao rei: 16«É isto que diz o SENHOR, Deus de Israel: “Vou enviar contra Jerusalém e contra os seus habitantes todas as desgraças escritas no livro que o rei de Judá ouviu ler. 17Eles abandonaram-me e ofereceram incenso a outros deuses, e tudo isto me irritou. Por tal razão, a minha irritação contra este lugar é grande e não se acalmará. 18Digam, pois, ao rei, que vos mandou ter comigo, aquilo que diz o SENHOR, Deus de Israel: Tu escutaste o que está escrito nesse livro 19e arrependeste-te e humilhaste-te diante de mim, quando ouviste o que eu disse a respeito de Jerusalém e dos seus habitantes. Tu arrependeste-te, rasgaste as tuas roupas em sinal de tristeza e choraste. Por isso, eu escutei a tua oração 20e vou-te deixar morrer em paz e juntar-te aos teus antepassados, no sepulcro, sem que os teus olhos vejam a desgraça que hei-de enviar contra Jerusalém.”» Os enviados voltaram para contar tudo ao rei.

will be added

X\