2 Reis 16

1No décimo sétimo ano do reinado de Peca, filho de Remalias, rei de Israel, Acaz, filho de Jotam, tornou-se rei em Judá. 2Acaz tinha vinte anos quando subiu ao trono e reinou dezasseis anos em Jerusalém. Não se comportou com rectidão diante do SENHOR. Em vez de seguir o exemplo do seu antepassado David, 3Acaz preferiu seguir os exemplos dos reis de Israel. Até sacrificou pelo fogo o seu próprio filho, conforme os costumes abomináveis das nações que o SENHOR tinha expulsado do seu território, quando chegaram os israelitas. 4Ofereceu sacrifícios e queimou incenso nos santuários pagãos, sobre as colinas e debaixo de árvores frondosas. 5Então Recin, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, rei de Israel, foram atacar Jerusalém; cercaram-na, mas não conseguiram derrotar Acaz. 6Na mesma época, Recin, o rei da Síria, restituiu a cidade de Elat aos edomeus, depois de ter expulsado dela os judeus. Os edomeus regressaram a Elat, onde ficaram até ao dia de hoje. 7Então o rei Acaz enviou mensageiros a Tiglat-Falasar, rei da Assíria, para lhe dizerem da sua parte: «Eu sou teu servo e teu filho! Rogo-te que venhas livrar-me dos reis da Síria e de Israel, que estão a atacar-me.» 8Acaz juntou a prata e o ouro que havia no templo do SENHOR e nos tesouros do palácio real e enviou tudo como presente ao rei da Assíria. 9Tiglat-Falasar, em resposta ao pedido de Acaz, marchou com o seu exército contra a cidade de Damasco, apoderou-se dela, exilou a sua população para Quir e matou Recin. 10Quando o rei Acaz foi a Damasco para se encontrar com Tiglat-Falasar, rei da Assíria, viu o altar no templo da cidade e enviou ao sacerdote Urias um modelo exacto, com todas as dimensões. 11Urias construiu um altar segundo o modelo que o rei lhe tinha enviado de Damasco e terminou-o antes do regresso de Acaz. 12Quando voltou de Damasco, Acaz viu que o altar estava pronto, aproximou-se, subiu ao altar 13e ofereceu sobre ele um holocausto, acompanhado das ofertas de farinha e de vinho, bem como um sacrifício de reconciliação, do qual derramou o sangue sobre o altar. 14Acaz mudou o altar de bronze consagrado ao SENHOR, que se encontrava perto da entrada do templo, entre o novo altar e o templo, e colocou-o atrás do novo altar, do lado norte. 15Depois ordenou ao sacerdote Urias: «Usarás o altar grande para queimar o holocausto da manhã e as ofertas da tarde, bem como o holocausto e a oferta do rei e o holocausto e a oferta do povo; sobre esse altar deves derramar todo o sangue dos holocaustos e dos outros sacrifícios. Do altar de bronze cuidarei eu sozinho!» 16O sacerdote Urias fez tudo como o rei lhe tinha ordenado. 17Acaz cortou as placas de bronze dos suportes das bacias do templo e tirou as bacias que estavam sobre esses suportes; retirou também a grande bacia de cima dos bois de bronze que a suportavam e colocou-a no pavimento de pedra. 18E, para agradar ao rei da Assíria, Acaz retirou do templo a plataforma para o trono real e fechou a entrada real para o templo. 19O resto da história de Acaz, e o que ele fez, está tudo escrito no livro das Crónicas dos Reis de Judá. 20Acaz morreu e foi sepultado junto dos seus antepassados, na cidade de David. Sucedeu-lhe no trono o seu filho Ezequias.

will be added

X\