2 Crónicas 5

1Quando se concluiu a construção do templo do SENHOR, Salomão mandou levar para lá todas as coisas que seu pai David tinha dedicado ao SENHOR, prata, ouro e todos os objectos. Tudo foi colocado no depósito dos tesouros do templo. 2Salomão convocou para Jerusalém os anciãos de Israel, os chefes das tribos e os representantes dos clãs israelitas, a fim de transportarem a arca da aliança do SENHOR da cidade de David, que é Sião, para o templo. 3E assim todos os israelitas se reuniram com o rei, por ocasião da festa do sétimo mês. 4Depois de chegarem todos os anciãos de Israel, os levitas levaram a arca, 5enquanto os sacerdotes levitas transportavam a tenda do encontro e todos os objectos sagrados que lá se encontravam. 6O rei Salomão e todos os israelitas que se tinham juntado a ele, diante da arca, ofereceram tantos sacrifícios de ovelhas e de bois que nem se podiam contar. 7Depois os sacerdotes levaram a arca da aliança para o lugar que lhe estava destinado no santuário do templo, no lugar santíssimo, debaixo das asas dos querubins. 8De facto, os querubins tinham as asas estendidas por cima do lugar da arca e cobriam tanto a arca como os varais. 9Estes varais eram muito compridos, de tal maneira que se podiam ver as suas extremidades diante do santuário, embora não pudessem ser vistos. Assim ficaram até ao dia de hoje. 10Na arca, ficaram somente as duas placas de pedra que Moisés tinha dado. Tinha-as recebido no monte Horeb quando o SENHOR concluiu a aliança com os israelitas, depois de saírem do Egipto. 11Os sacerdotes tinham sido todos purificados, sem se atender à ordem dos turnos por que estavam repartidos. Ao saírem do santuário, 12os levitas músicos Assaf, Heman e Jedutun, assim como os seus filhos e os outros membros das suas famílias estavam colocados a leste do altar. Revestidos de linho fino, estavam com os seus címbalos, as liras e as harpas. Acompanhavam-nos cento e vinte sacerdotes tocando cornetins. 13Todos unidos, tocadores de cornetim e outros músicos, começaram a louvar e a dar graças ao SENHOR. Faziam soar cornetins, címbalos e outros instrumentos, enquanto se cantava: «Dêem graças ao SENHOR, porque ele é bom; porque é eterno o seu amor.» E, naquele momento, uma nuvem encheu o templo do SENHOR. 14Por causa da nuvem, os sacerdotes não puderam continuar o seu serviço de culto, pois a luz da presença do SENHOR enchia o seu templo.

will be added

X\