1 Reis 15

1No décimo oitavo ano do reinado de Jeroboão, filho de Nebat, em Israel, Abiam tornou-se rei de Judá. 2Reinou três anos, em Jerusalém. A sua mãe chamava-se Macá e era filha de Absalão. 3Abiam imitou todos os pecados que o seu pai tinha cometido antes dele e, contrariamente ao seu antepassado David, não se manteve fiel ao SENHOR, seu Deus, com todo o seu coração. 4Mas por amor de David, o SENHOR, seu Deus, deu a Abiam um filho para lhe suceder como rei em Jerusalém e para manter Jerusalém como capital. 5Com efeito, David tinha-se conduzido de maneira digna de aprovação por parte do SENHOR, pois nunca na sua vida se afastou do que o SENHOR lhe tinha ordenado, excepto no caso de Urias, o hitita. 6Enquanto Roboão foi vivo, houve sempre guerra entre ele e Jeroboão. 7O resto da história de Abiam, com tudo o que ele fez, está escrito no livro das Crónicas dos Reis de Judá. Abiam e Jeroboão guerrearam também entre si. 8Abiam morreu e foi sepultado na cidade de David. Sucedeu-lhe no trono o seu filho Asa. 9No vigésimo ano do reinado de Jeroboão, rei de Israel, Asa tornou-se rei em Judá. 10Reinou quarenta e um anos, em Jerusalém. A sua avó chamava-se Macá e era filha de Absalão. 11Asa fez o que agradava ao SENHOR, como fizera o seu antepassado David. 12Expulsou do país os que praticavam a prostituição nos santuários pagãos e acabou com todos os ídolos que os seus antepassados tinham fabricado. 13Além disso, retirou à sua avó Macá o título de rainha-mãe, por ela ter feito um ídolo horrível da deusa Astarté. Asa mandou destruir esse ídolo e mandou-o queimar no vale de Cédron. 14Embora não tenha destruído todos os santuários pagãos, Asa manteve-se fiel ao SENHOR durante toda a sua vida. 15Colocou no templo do SENHOR todos os objectos que seu pai tinha consagrado a Deus, bem como os objectos de ouro e prata que ele próprio tinha consagrado ao SENHOR. 16Asa esteve sempre em guerra com Bacha, rei de Israel. 17Bacha invadiu Judá e começou a fortificar a cidade de Ramá, a fim de cortar as comunicações a Asa, rei de Judá. 18Asa, porém, juntou toda a prata e todo o ouro que havia nos tesouros do templo do SENHOR e do palácio real e enviou tudo por alguns dos seus oficiais, para entregarem em Damasco ao rei Ben-Hadad, da Síria, filho de Tabrimon e neto de Hezion, com a seguinte mensagem: 19«Façamos uma aliança, como fizeram os nossos pais. Envio-te estes presentes de prata e ouro e rogo-te que rompas a tua aliança com Bacha, rei de Israel, e o ataques para que ele retire as suas tropas do meu território.» 20Ben-Hadad aceitou a proposta do rei Asa e deu ordem aos seus generais para atacarem as cidades de Israel. Eles conquistaram Ion, Dan, Abel-Bet-Macá, todo o território de Quinerot e toda a região de Neftali. 21Quando o rei Bacha soube disto, abandonou a fortificação de Ramá e retirou-se para Tirça. 22O rei Asa convocou então a tribo de Judá, sem exceptuar ninguém, para retirarem de Ramá as pedras e as madeiras empregadas por Bacha nas fortificações. Com esse material, Asa fortificou as localidades de Gueba de Benjamim e Mispá. 23O resto da história de Asa, com tudo o que ele fez, as suas proezas e as cidades que construiu, está tudo escrito no livro das Crónicas dos Reis de Judá. Com a velhice, adoeceu dos pés. 24Asa morreu e foi sepultado com os seus antepassados na cidade de David. Sucedeu-lhe no trono o seu filho Josafat. 25No segundo ano do reinado de Asa, rei de Judá, Nadab, filho de Jeroboão, tornou-se rei em Israel. Reinou dois anos. 26Ele fez o que desagradava ao SENHOR e levou Israel a pecar, tal como fizera seu pai. 27Bacha, filho de Aías, da tribo de Issacar, conspirou contra o rei e assassinou-o, quando Nadab e o seu exército faziam o cerco a Guibeton, cidade ocupada pelos filisteus. 28Isto aconteceu no terceiro ano do reinado de Asa, rei de Judá. Assim Bacha sucedeu a Nadab no trono de Israel. 29Logo que subiu ao trono, matou toda a família de Jeroboão, sem deixar com vida uma só pessoa. Exterminou-os completamente, conforme o SENHOR anunciara pela voz do profeta Aías, de Silo, 30por causa dos pecados que Jeroboão cometeu e fez cometer o povo de Israel, provocando com isso a ira do SENHOR, Deus de Israel. 31O resto da história de Nadab, com tudo o que ele fez, está escrito no livro das Crónicas dos Reis de Israel. 32Asa esteve sempre em guerra com Bacha, rei de Israel. 33No terceiro ano do reinado de Asa, rei de Judá, Bacha, filho de Aías, tornou-se rei de todo o povo de Israel. Reinou em Tirça durante vinte e quatro anos. 34Tal como o rei Jeroboão, antes dele, Bacha pecou contra o SENHOR e levou o povo de Israel a pecar.

will be added

X\