1 João 3

1Vejam com que amor o Pai nos amou, a ponto de sermos chamados filhos de Deus! E somos seus filhos realmente! É por isso que o mundo não nos conhece, uma vez que não conhece a Deus. 2Queridos amigos, agora somos filhos de Deus, mas aquilo que havemos de ser ainda não é totalmente claro. O que sabemos é que, quando Jesus aparecer, havemos de ser iguais a ele, porque havemos de o ver tal como ele é. 3Todo aquele que tem esta esperança purifica-se para ser puro como ele. 4Todo aquele que comete pecados desobedece à lei de Deus, porque o pecado é uma desobediência a Deus. 5E sabem muito bem que Jesus veio para nos tirar os pecados, e nele não há pecado. 6Todo aquele que permanece nele não peca. E todo aquele que peca, não o viu nem o conheceu. 7Meus filhos, não se deixem enganar por ninguém! Todo aquele que pratica a justiça é justo tal como Cristo é justo. 8Todo aquele que peca pertence ao Diabo, porque o Diabo pecou desde o princípio. E o Filho de Deus manifestou-se precisamente para destruir as obras do Diabo. 9Todo aquele que nasceu de Deus não comete pecado, porque nele permanece a semente de Deus. Não pode pecar porque nasceu de Deus. 10A diferença entre os filhos de Deus e os filhos do Diabo é esta: todo aquele que não pratica a justiça e nem ama o seu irmão não é de Deus. 11A mensagem que ouviram desde o princípio é esta: amemo-nos uns aos outros. 12Não como Caim, que era do Maligno e matou o seu irmão. E por que é que ele o matou? Porque as suas acções eram más, ao passo que as do seu irmão eram justas. 13Não se admirem, irmãos, se os que são do mundo vos odeiam. 14Nós sabemos que passámos da morte para a vida porque amamos os irmãos. Aquele que não ama ainda está morto. 15Todo aquele que tem ódio ao seu irmão é um assassino. E sabem que os assassinos não têm dentro de si a vida eterna. 16Eis como nós podemos saber o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós; portanto, também nós devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. 17Se alguém possui bens neste mundo e, vendo o irmão em necessidade lhe fechar o seu coração, como permanecerá nele o amor de Deus? 18Meus filhos, não amemos com palavras e discursos, mas com acções e com verdade. 19Desta maneira sabemos que somos da verdade e que a nossa consciência se pode sentir tranquila diante de Deus. 20Se o nosso coração nos acusa, Deus é maior do que o nosso coração e conhece tudo. 21Queridos amigos, se o nosso coração não nos acusa, temos plena confiança em Deus 22e tudo aquilo que lhe pedirmos havemos de o receber, porque obedecemos aos seus mandamentos e fazemos aquilo que lhe agrada. 23E aquilo que ele nos mandou é que acreditemos em Jesus Cristo, seu Filho, e nos amemos uns aos outros como ele nos mandou. 24Aquele que obedece aos mandamentos de Deus permanece em Deus e Deus nele. E sabemos que Deus está em nós graças ao Espírito que ele nos deu.

will be added

X\